Lomografia: a nostalgia das câmeras analógicas

Para quem ama cores vibrantes e saturadas em suas fotos, a lomografia é uma tendência que está invadindo as fotografias das redes sociais por causa da sua beleza e intensidade incomum nas imagens.

Inicialmente, a Lomo, uma máquina analógica fabricada na Rússia durante os anos oitenta, era a única maneira de conseguir fazer esse efeito nas imagens. Contudo, com o avanço da tecnologia em tratamento de imagens, principalmente com a chegada da rede social de imagens, o Instagram, ficou muito mais fácil de reproduzir digitalmente esse efeito.

Quer saber mais sobre a lomografia? Então continue lendo, pois, abaixo, preparamos um texto destacando essa técnica e como ela continua conquistando os amantes de fotografia!

A estética da lomografia

Como já dissemos, antigamente a captura da fotografia com esse efeito era feita através de uma máquina analógica muito sensível à luminosidade, deixando a imagem mais nítida, mesmo sem o auxílio do flash.

A imagem fica mais saturada e vibrante, com grandes destaques para as cores aditivas, o famoso RGB, onde as beiradas da imagem se comportam diferente do resto da imagem, ficando mais escuras. Esse visual é o que dá todo o charme e excentricidade para as fotografias estilo lomo.

Por causa dessa câmera, criou-se um movimento fotográfico, onde as imagens acabaram ficando mais despojadas sem utilização de enquadramento ou tipo de captura. Deixando as fotografias muito mais livres, a utilização dessa máquina invadiu o mundo inteiro e está presente até hoje entre os amantes de diversão durante o ato de fotografar.

Ferramentas que contam com a lomo

Justamente por causa da nostalgia de usar essa máquina fotográfica, muitas câmeras digitais que são fabricadas na atualidade acabaram inserindo esse modo de efeito em suas configurações, assim como sépia e preto e branco, por exemplo.

Outra maneira de conseguir usar esse efeito em suas fotografias é através de filtros de redes sociais. O Instagram, por exemplo, consegue chegar mais próximo da qualidade que a máquina fotográfica original faz.

Não gosta de filtros? Tudo bem! Se você quer fazer parte do movimento fotográfico lomo da maneira tradicional ainda é possível. Basta adquirir sua máquina e usar para fotografar tudo o que você imagina!

Agora que você já sabe tudo sobre a lomografia, que tal descobrir se você é fã do efeito tradicional da câmera Lomo ou se você prefere os filtros das redes sociais? Comente para a gente saber qual a sua opinião! Até mais!

Lomografia: a nostalgia das câmeras analógicas
Avaliar conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *