Light Painting: Um estilo para usar em suas fotos

Sempre que aparece uma novidade, damos um jeitinho de vir correndo contar para você. Hoje, queremos falar de uma “moda” nova, uma tendência na fotografia. É o Light Painting. Já ouviu falar ou leu por aí?

O que é Light Painting

Light Painting é uma técnica de fotografia que mescla a imagem a ser captada com um “desenho” de luzes. As fotos Light Painting são sempre meio fantásticas, encantadoras, com um quê de lúdico. Vamos explicar direitinho…

No Light Painting, tanto a luz pode ser o “protagonista” da imagem quanto apenas um elemento para deixar a foto mais bonita. Seja como for, o processo é o mesmo. O que mais se vê, porém, principalmente nos trabalhos de fotógrafos autorais, é a luz, ou as luzes, sendo o foco.

Foto no estilo Light Painting

Quando tiramos uma foto, a câmera captura toda a luz do ambiente que estamos fotografando. Na técnica Light Painting, esse tempo de captura da luz pode ir de segundos até horas. Essa exposição longa normalmente acontece quando um ambiente é muito escuro. Então, neste mesmo ambiente, são colocadas lanternas ou lâmpadas diversas, de preferência coloridas, e os tais “desenhos” são criados. O Light Painting pode produzir tanto imagens abstratas, que passam a sensação de movimento, quanto algo estático, pensado como “escultura”.

Como fazer fotos no estilo Light Painting

Para fazer fotos no estilo Light Painting, você precisa de alguns equipamentos básicos (ou de alguma criatividade para “improvisar”). Seria preciso, então:

  • Tripé;
  • Flash;
  • Lâmpadas ou lanternas de led;
  • Disparador remoto;
  • Rádio (que pode ser substituído pelo flash popup da própria câmera).

Se não for possível investir em um tripé, tente usar uma mesa ou muro, ou qualquer lugar que possa apoiar sua câmera com segurança. Um dos segredos para o bom resultado da fotografia Light Painting é não tremer a câmera nadica de nada. Sendo assim, se for possível, use um controle remoto para clicar.

Um bom flash para usar na fotografia Light Painting é o TTL, além do Led 160, ambos não são caros. Já os disparadores remotos são fáceis de encontrar e não custam caro também, embora as câmeras já tenham, caso não possa comprar.

Foto no estilo Light Painting

Para fazer uma foto no estilo Light Painting, basta soltar a criatividade e reunir todo o tipo de luz necessária para a sua criação. Pode ser com lâmpadas mais trabalhadas, ou até criadas para esse fim, ou a junção de materiais que tenham luz como: refletores de jardins, abajures, lanternas, leds, velas de todos os tipos e tamanhos, lasers, fogo (cuidado, é claro). Para uma captação mais apropriada, use sensibilidade (ISO) com valores mais baixos (50 ou 100).

Fotos caseiras em Light Painting

Bom, tudo isso parece muito legal, mas meio irreal para você? Como fazer isso com uma câmera simples ou mesmo pelo celular? Claro, uma técnica tão sofisticada assim não tem como ser replicada com o mesmo rigor em um celular. Mas por que não brincar com a ideia de fazer fotos caseiras em “Light Painting”?

Você pode usar e abusar de lanternas, abajures e luzes diversas para fotografar. Por exemplo, iluminar o corpo de uma pessoa, do seu pet, ou soltar a criatividade andando pela cidade, captando pontos de luz.

Um dos maiores especialistas em fotografia Light Painting é o finlandês Hannu Huhtamo. Sua arte – não poderia ser diferente – foi desenvolvida e aprimorada no período em que o Sol não nasce na Finlândia, algo em torno de 50 dias. Huhtamo costuma esboçar o que pretende criar e seus locais preferidos são prédios abandonados e florestas. Sem dúvida alguma é uma forma de lidar com a ausência de luz do Sol, o que pode levar muita gente a períodos de depressão ou melancolia. O finlandês é muito caprichoso na hora do clique, principalmente porque se recusa a usar o Photoshop, mesmo para retoques.

Inspire-se nessas ideias e faça fotos diferentes!

Low Key e High Key: Conheça esses estilos de Fotos

Você já ouviu falar em fotografia low key e high key? Provavelmente, sim. Mas você sabe o que significa?

Hoje vamos explicar para você o significado desses termos e como você pode usar e abusar deles na hora de tirar fotos e depois de revelar as fotos verá o resultado incrível.

Tanto high key quanto low key dizem respeito às fotos que possuem muitos tons claros ou escuros: high key é para as fotos de tons claros e low key as de tons escuros.

Tanto uma quanto a outra são determinadas desta forma na hora de clicar e não na hora de editar. Assim, se você deseja fazer fotos tanto em low key quanto em high key, precisa cuidar da iluminação e da produção dos cenários, roupas e na hora do clique.

Alguns detalhes das fotos high key

Uma foto high key significa que há quase nada de sombras. Ou seja, usa-se luz suave. As imagens são predominantemente claras – e intencionalmente claras. E o que faz com que a imagem fique muito clara é a excelente distribuição de luz. O termo high key pode também significar “altas luzes”. Parece uma contradição usar luz suave e altas luzes, mas não é. Ambas significam claridade, muita luz. É importante não confundir uma foto high key com uma imagem estourada p&b. No high key sempre há a intenção e por isso cria-se esse ambiente claro.

Exemplo de foto high key
Exemplo de foto high key
Exemplo de foto low key
Exemplo de foto low key

Já a foto low key é o contrário. É a foto mais escura, as luzes são “duras”. E ela também depende da iluminação e produção corretas. Normalmente as fotos low key passam ar de mais mistério, transmitem um quê de drama, de melancolia.

Como fazer fotos low key ou high key?

Para fazer low key você precisa:

  • Ambientes escuros;
  • Roupas mais escuras (não necessariamente);
  • Pouca luz;
  • Usar luz que permita contrastes;

Para fazer high key você precisa:

  • Ambientes claros
  • Roupas claras (não necessariamente);
  • Luz muito bem distribuída;

É importante deixar claro uma coisa: independente de low key ou high key, é importante não “estourar” a imagem. Nenhum estilo de fotografia deve ser confundido com foto mal capturada. Por isso, regras básicas de fotografia devem ser seguidas ao tirar fotos low key, high key ou qualquer outro tipo.

Fazer fotos high key é mais fácil do que low key. Neste segundo tipo, é preciso de um pouco mais de conhecimento de iluminação, jogo de luz e sombras e tal.

Na prática, porém, o que você pode aproveitar é desenvolver a sensibilidade para perceber quando uma foto low key pode acontecer, porque, por exemplo, se está diante de uma parede escura e a roupa da pessoa que deseja fotografar é escura, ou algo assim… O mesmo vale para a foto high key.

Essa percepção você pode desenvolver no dia a dia mesmo, treinando bastante, clicando até pelo celular só para treinar mesmo. Os dois estilos são ótimos para quando faltam certos recursos para uma foto mais, digamos, elaborada. Se um ambiente é escuro demais, por exemplo, e você conseguir iluminar apenas o objeto/pessoa a ser fotografado, resultará numa bela foto. Por isso é importante desenvolver o olhar para essas técnicas.

Antes de encerrarmos, é bom esclarecer que fotografias low key e high key não precisam ser sempre em preto e branco. Elas podem ser coloridas também.

Que tal começar a treinar?

RAW: A qualidade que faltava na sua Fotografia

Você está acostumado com a palavra jpeg, certo? Se você tira fotos, salva fotos da internet ou algo assim, sabe que o formato é o mais usado para salvar fotos digitais, seja de câmeras ou de celulares. Agora, você já ouviu falar no formato RAW?

Pois é! Vamos falar dele hoje.

Você vai descobrir o que é e o que você ganha com isso. Então, vamos lá.

Até que a imagem perfeita esteja formada, alguns processos precisam acontecer primeiro. Para que você saiba o que é RAW, é importante saber isso.

O que significa RAW?

RAW significa cru. Há especialistas que chamam de “negativo da fotografia digital”. Não que seja isso exatamente, mas ajuda a entender.

Bom, o que acontece em uma câmera digital no RAW é que na hora do clique sensores fotossensíveis recebem luz e por isso geram energia elétrica. Diferente do formato JPEG, cuja imagem é feita de milhões de pixels que são enviados ao processador na hora do clique, o RAW oferece uma imagem mais completa. Ou seja, a qualidade é muito melhor. É que ele tem um banco de dados muito, muito grande que processa a imagem com muito mais qualidade. Além do mais, o jpeg “mexe” demais na imagem, e a gente sabe que cada mexidinha compromete a qualidade.

Outra forma de compreender, talvez, seja falando assim: um fotógrafo tira 3.000 imagens de sua festa e te entrega as 3.000 imagens exatamente como ele tirou. Isso é o RAW. Ou seja: você tem as fotos “puras”. O jpeg seria a entrega das fotos já escolhidas, tratadas e diagramadas.

RAW ou JPEG?

Aí você pode pensar: não é melhor então o jpeg? Não, se você gosta de cuidar de cada imagem e preza pela qualidade da imagem antes de prezar pelo efeito ou corte. Você tem o controle sobre tudo.

Há outro detalhe importante, a foto não sai direto da câmera para o computador, por exemplo, ou para as redes sociais. É preciso um programa especifico de edição, por exemplo, como o Lightroom.

É bom também para quem não tem câmera de qualidade – ou não uma das mais incríveis – e ainda assim deseja tirar fotos com o máximo de qualidade.

Vamos à parte prática: como você sabe se tem essa opção? Ele vem como opção assim como o jpeg. O ideal é selecionar a opção RAW e jpeg – sim, as duas juntas – porque aí duas imagens são captadas, uma em cada formato. Você pode usar a jpeg enquanto não aprende a usar a RAW totalmente.

Quem precisa fotografar em RAW? Será você? Bom, se você precisa meeesmo tratar as imagens, digamos, nos mínimos detalhes, então é o mais adequado. Uma comparação bastante usada é a seguinte: com o RAW, é como se você tivesse sua própria sala escura para revelar as fotos, em vez de levar ao laboratório de fotos do seu bairro. Ou seja, você tem controle sobre todos os processos.

Quer fotos de qualidade? Use-o!

Aniversário do seu Filho: Tire Muitas Fotos de Recordação

Queremos propor um desafio: ache rapidamente uma foto do aniversário do seu filho de 1 ano? Huuum, bom, calma… Essa foto está no mar de fotos dentro do seu computador?

É, já imaginávamos… Hoje em dia é tão comum deixarmos os melhores momentos de nossa vida em um HD, ou mesmo no celular, que nem reparamos que o tempo passa e não valorizamos os momentos vividos, cuidando de cada lembrança como uma jóia.

Sabe por que as fotos do aniversário do seu filho são joias? Porque ele vai crescer e um dia tudo isso que você vive, diariamente, será apenas uma lembrança de um tempo que não vai voltar. E, acredite, você vai sentir saudade…

Ter filho é uma experiência mágica e por isso preservar as lembranças do aniversário do seu filho, de todos os anos, é um presente que você vai dar a você mesma. Mas sabe o tipo de presente que só faz sentido conforme o tempo passa? Ou melhor, sabe aquela joia que ganha mais valor conforme o tempo passa? É isso.

Qual é a idade do seu filho agora? Apostamos que você já viveu grandes momentos com ele, fotografou, mas deixou as imagens armazenadas na câmera ou talvez nem saiba onde estão as fotos.

Que tal separar um tempinho no fim de semana, ou no próximo feriado, para organizar essas fotos e quem sabe diagramar um lindo Fotolivro?

Fotolivro do Aniversário do seu Filho para recordar quantas vezes quiser

Olha, nós temos certeza de uma coisa. Você vai amar não apenas a experiência de personalizar um álbum de fotos do seu jeitinho como a de estar cuidando de algo que é único: o instante. Aniversários são isso. Ainda mais quando é aniversário do seu filho.

Se você tiver muitas, muitas, muitas fotos, e der aquela preguicinha de organizar tudo, você pode apenas selecionar as melhores fotos e já eternizar o primeiro “lote” de fotos. Aí você vai fazendo tudo com calma, de repente até pensando em temáticas. Você pode usar os temas exclusivos para deixar seus Fotolivros mais personalizados também. Enfim, são inúmeras as possibilidades para eternizar os aniversários do seu filho.

O que você tem que fazer a-g-o-r-a é apenas começar a valorizar suas lembranças. Apenas comece, ok?

Fotos Noturnas: 10 dicas para tirar boas fotos noturnas

Sente vontade de fotografar cenas noturnas, mas suas fotos nunca saem com qualidade? Olha só as dicas que vamos dar para você tirar fotos noturnas arrasadoras, seja com uma câmera ou com o celular.

Algumas dicas sobre como fazer fotos noturnas esbarram em como saber fotografar, em geral. Então, vamos mesclar os dois assuntos e tentar tirar proveito de dicas gerais para tirar boas fotos noturnas.

É importante, neste assunto, salientar que celulares, por melhores que sejam nesse quesito, vão ficar um pouco para trás comparados às câmeras profissionais. Como luz natural é um dos grandes trunfos para fazer boas fotos, é lógico que fotos noturnas sejam mais difíceis de fazer, mesmo quando há luz artificial. Mas, com jeitinho e boa dose de paciência, chegamos lá. Vamos às dicas?

Dicas para tirar boas fotos noturnas

Uso do flash

Pode parecer estranho, mas é bom evitar. Tente aproximar-se do objeto a ser fotografo apenas.

Efeito HDR

O mesmo vale para o efeito HDR que aparece muitas vezes na hora de fotografar com o celular. Ele diminui a velocidade da câmera, o que não ajuda em fotos noturnas.

Zoom Digital

A Lua está linda? Quer registrá-la para postar nas redes sociais? Nada de usar o zoom. A princípio, parece que ajuda, mas fora da tela do celular a foto não vai ficar nada boa.

Use o temporizador

Ajuda bastante na hora de focar, para a foto não sair tremida. Se possível, coloque a câmera em cima de algo: banco, calçada, enfim, o que for possível e que não trema.

Use o nivelador

À noite, as chances de uma foto sair torta são muito grandes. Niveladores ajudam a enquadrar melhor.

Aproveite dias chuvosos

A água contribui para iluminar a foto. Seja nas poças das ruas ou na própria chuva. Perceba nos próximos cliques ou faça uma busca de fotos de chuva.

Foco

Evite confiar no foco automático da câmera. Dá um pouco mais de trabalho, mas é melhor focar manualmente o que você deseja fotografar.

Pontos turísticos

Aproveite o pouco movimento (ou nenhum) para fotografar pontos turísticos. Lugares nada movimentados rendem fotos maravilhosas. Você vai poder se concentrar e preparar o foco, a luz certa…

Viagem

Mas o melhor de tudo mesmo é fazer fotos noturnas em viagens. Aproveite o tempo livre e faça fotos diferentes, explorando outras formas de ver os lugares que visitar.

Boa sorte!

Fotos de Bebês: Dicas para registrar cada momento

Você acabou de ter um bebê e não consegue parar de tirar fotos dessa fofurinha? A gente entende essa fase e ainda vai te ajudar a tirar fotos de bebê estonteantes. Ah, e vamos dar dicas de como tirar fotos de bebês dignas de profissionais, viu?

Você vai gostar tanto do resultado que vai acabar montando um álbum de fotos maravilhoso do seu bebê. E vale a pena mesmo. Cada segundo com seu bebê deve ser aproveitado com intensidade. Eles crescem tão rápido!

Para fazer boas fotos de bebê não basta apenas ter um bebê lindo em sua casa. É preciso ter um pouco de paciência para ajeitar a luz, compor o melhor cenário e dar uma fuçadinha básica nas funções do celular ou da câmera que você vai usar. Isso faz toda a diferença!

Fotos de bebês não combinam com flash! Cuidado!

Clicar muitas, muitas vezes faz diferença também. Nem os fotógrafos mais experientes abrem mão dos milhares de cliques até sair a imagem perfeita. Desde que você não exponha o seu bebê a riscos (desde cansá-lo a incomodá-lo com o flash), tire muitas fotos se o cenário estiver bacana e ele estiver inspiradamente fofo.

Fotos de bebês combinam com sorrisos espontâneos! Não estresse o seu bebê!

Depois de tirar muitas fotos, não se esqueça de apagar as que você de fato não vai revelar. A ideia não é acumular cliques, mas escolher os melhores para transformá-los numa joia, no maior tesouro que você vai poder levar ao longo da vida, que é o álbum de fotos de sua família.

Bom, vamos a mais dicas de como tirar fotos de bebês lindas!

  • Use luz natural, mas não exponha seu bebê ao Sol,
  • Tire os excessos do enquadramento: almofadas, enfeites, brinquedos,
  • Use, no fundo, tecidos claros ou de uma única cor. A estampa do lençol não deve chamar mais a atenção do que o seu bebê,
  • Se o seu bebê já tem um irmãozinho maior, convide-o para participar da sessão de fotos. O mesmo vale para um bichinho de estimação. Aguarde calmamente uma interação espontânea entre eles.
  • Fotografar detalhes do corpo também pode ser uma grande ideia! O pezinho fofo, ou a mãozinha aberta, enfim, o que mais chamar a atenção, uma boca bem desenhada, cílios longos ou os primeiros dentinhos.
  • A clássica foto da mãozinha do bebê segurando um dos dedos da mãe ou do pai tem que ter no seu Fotolivro do Bebê.
  • Um amigo ou parente sempre presenteia os papais com alguma camisetinha engraçada ou de super-herói. Essa foto também não pode faltar.
  • Se o seu bebê gosta da hora do banho e dá muitas risadas brincando com a água, esse é um bom momento de fotografá-lo.
  • Use toucas fofas de lã ou com engraçadinhas. Eles ficam uma graça de touquinhas.
  • Para fechar, se você tiver ânimo para limpar a sujeira depois, deixar o seu bebê brincar e se sujar de papinha vai render cliques incríveis! 😀

Quando você fizer a sua sessão de fotos de bebê, manda as fotos pra gente ver como ficou?

Fotos de Gestantes: Ideias Incríveis para fazer seus registros

Parabéns, você vai ser mamãe! Se você está grávida, sem dúvida está muito feliz por esse momento tão sublime. Acompanhar o crescimento da barriga e todas as mudanças que acontecem neste período é uma experiência e tanto e você pode registrá-las, sabia? Não apenas tirando fotos como montando um “querido diário”.

Fotos de gestantes estão em alta e não apenas para divulgar nas redes sociais, mas principalmente para guardar de lembrança esse período tão único!

Toda a sua gestação pode virar um álbum de fotos lindo, cheio de momentos que só você vai entender o significado. Há modelos de Fotolivros tão delicados que vão também ser uma ótima experiência para você dividir com o seu filho depois.

Bom, agora nós podemos chamar você de mamãe, certo? Olha só as dicas que damos a seguir para você fazer fotos de gestante dignas de ensaios profissionais.

Ideias para fotos de gestantes

Ainda que você tenha algum receio de tirar fotos do barrigão, por estar fora do peso ideal ou por estar inchada, entre outras razões, não deixe de tirar fotos da sua gestação. Vai ser muito importante para seu filho, depois, ver como você ficou enquanto o esperava. Ele vai se sentir muito amado.

Se você já tem outros filhos, pode e DEVE envolvê-los nas sessões caseiras de fotos de gestação. Eles vão adorar se sentir parte dessa espera e já vão criando um laço efetivo com o novo irmãozinho.

Você não precisa de muitos artifícios para tirar fotos de gestante. Como o foco é a sua barriga, basta poucos acessórios para capturar fotos incríveis. Olha só essas ideias:

  • Grude post-its com frases fofas em sua barriga.
  • Coloque uma bexiga colorida perto de sua barriga e, se puder, segure com a outra mão outros balões coloridos. Peça para alguém fotografar para você.
  • Em um parque, deite na grama e tira a foto de lado. Ficará ainda mais bonito se tirar a foto de cima.
  • Contra a luz do Sol, para dar aquele efeito de sombra, você pode fotografar apenas a silhueta do seu corpo, evidenciando assim as suas curvas.
  • Em um jardim ou parque, use um guarda-chuva colorido ou bem bonito para tampar o seu rosto e deixar evidente apenas a barriga.
  • Com apenas um lençol branco, você pode tirar fotos lindas. Basta envolver seu corpo nele e deixar a barriga evidente. Peça para alguém segurar as pontas do lençol (sem sair na foto).
  • A clássica foto do papai beijando a barriga não pode faltar! Quanto mais amor envolvido no beijo, melhor!
  • Ah, outra foto clássica – e que você pode incrementar do seu jeito – é envolver a barriga com uma fita de cetim em um laço.
  • Segurar um colar de pérolas em cima da barriga pode dar um efeito bem legal também.
  • Que tal deixar o seu filho grandinho desenhar na sua barriga com tinta colorida?

O que achou de nossas dicas? Temos certeza que vão render fotos de gestantes incríveis! Depois, claro, manda pra gente revelar. Vamos amar cuidar de suas doces lembranças.

Macrofotografia: Conheça esse estilo de Fotografia

Você já ouviu falar em macrofotografia?

Se nunca ouviu falar, certamente já viu alguma imagem que caracteriza a macrofotografia. Vamos explicar o que é e como as imagens são capturadas.

Macrofotografia - Detalhe do Detalhe

O que é Macrofotografia?

A macrofotografia é a fotografia de pequenos bichinhos ou detalhe do detalhe, aquilo que a olho nu passaria, talvez, despercebido. Então, esse detalhe é fotografado em seu tamanho natural – e não proporcional ao fotógrafo. Algumas imagens são ainda levemente aumentadas, mas o comum mesmo é a aproximação da câmera – o que não quer dizer necessariamente que basta aproximar a câmera do objeto para se fazer macrofotografia – ou o uso de acessórios específicos para esse tipo de fotografia.

O impacto visual desse estilo é sempre muito tocante porque revela belezas da natureza que não temos possibilidade, ou capacidade, de contemplar.

Para capturar imagens macro é preciso fazer uma conta rápida e simples, que consiste em dividir o tamanho do assunto no filme pelo tamanho original do assunto. Para calcular isso é importante saber a medida do fotografa da sua câmera.

Macrofotografia - Detalhe do Detalhe

Na macrofotografia, uma imagem pode ser aumentada em até 10 vezes o seu tamanho natural. Talvez você não saiba, mas uma câmera simples, ou dessas que se encontra facilmente, são capazes de realizar uma sessão que se aproxima da macrofotografia. Importante deixar claro: não basta apenas se aproximar do objeto para considerar a sua foto macrofotografia. Mas, é claro, você pode conseguir cliques ótimos apenas se aproximando do objeto. Neste caso, são duas opções, ou aproximar-se do que deseja fotografar ou ativar a função “macro”.

Mas, se tudo isso parece muito complicado e você deseja apenas tentar tirar melhores fotos, considerando a macrofotografia, temos algumas dicas. Se você vai fazer uma viagem para algum destino junto à natureza, é interessante saber mais. Imagine como suas fotos vão sair lindas!

Ah! Se você vai usar filmes, procure filmes com baixa sensibilidade e granulação muito fina. Esse tipo de filme requer uma revelação diferente, por isso precisa procurar um laboratório que realize esse tipo de revelação.

Macrofotografia - Detalhe do Detalhe

Dicas para tirar fotos macro

Para capturar fotos em meio à natureza, como na macrofotografia, considere:

  • Desligue o foco automático da câmera ou celular;
  • Se for possível, use um tripé;
  • Aproveite ao máximo a luz natural;
  • Se for fotografar pequenos animais, cuidado para não espantá-los ou ser agredido por eles, porque se sentiram ameaçados;
  • Use roupas adequadas, preferindo as roupas claras e cores neutras como tons de bege ou de verde (camuflado).
  • Use repelente.
  • Se puder, adquira um colete fotográfico para guardar acessórios.

Apesar da macrofotografia ser mais conhecida pelas belezas da natureza, é possível capturar detalhes urbanos ou mesmo de coisas corriqueiras. Experimente tirar fotos com essa proximidade. Com paciência, sairão cliques incríveis!

Lugares para tirar Fotos em São Paulo que são Incríveis

São Paulo, uma das maiores cidades do mundo, tem lugares para tirar fotos que são incríveis e de babar. Se você mora na capital, já sabe. Mesmo a correria e as multidões podem revelar belezas incríveis, sem falar de cenas engraçadas.

Confira agora alguns lugares para tirar fotos em São Paulo

Centro Cultural Banco do Brasil

lugares para tirar fotos em São Paulo: Centro Cultural Banco do Brasil

O centro de São Paulo possui lugares únicos para fotografar. A arquitetura colonial misturada com prédios modernos revela um cenário fabuloso. Entre os lugares para tirar fotos em São Paulo que são incríveis está o Centro Cultural Banco do Brasil. Acredite, dentro ou fora dele, na rua ou no café, há possibilidade de clicar fotos de tirar o fôlego. Tire fotos incríveis:

  • No café,
  • Com livros,
  • Nos andares de cima,
  • De cima para baixo, para capturar a arquitetura do hall principal,
  • Na ruela do CCBB,
  • Nas escadas.

Parque Burle Marx

lugares para tirar fotos em São Paulo: Parque Burle Marx

Quando as pessoas sentem a vontade de fotografar em um parque, a primeira opção que vem à mente é o Parque do Ibirapuera. Mas há lugares incríveis em São Paulo para fotografar junto à natureza. No Parque Burle Marx, o conjunto artístico e paisagístico é deslumbrante. Há jardins, pergolado e xadrez, espelhos d´água, palmeiras imperiais e, olha, cada cantinho incrível! Dicas para tirar fotos:

  • Lendo, sentado na grama,
  • Deitado na grama com roupas coloridas,
  • À sombra de uma árvore,
  • Fazendo piquenique,
  • Correndo, patinando ou andando de skate ou bike.

Importante: não pode levar bichinhos de estimação no Burle Marx.

Beco do Batman

lugares para tirar fotos em São Paulo: Beco do Batman

Fotos descoladas tem um endereço: Beco do Batman, na Vila Madalena. Um dos lugares incríveis em São Paulo para tirar fotos, a ruela, fechada para veículos, é uma galeria de grafites, feitas desde os anos 1980. Dependendo do tipo de câmera, ou mesmo se você vai tirar fotos do celular, à noite também pode ser um ótimo momento para tirar fotos. O Beco do Batman possui iluminação de LED. Veja como você pode clicar:

  • Encostado nos muros,
  • No meio da rua, sentado (não passa carros),
  • “Brincando” com algum desenho grafitado,
  • Nas escadarias próximas.

  Solar da Marquesa

lugares para tirar fotos em São Paulo: Solar da Marquesa de Santos

Localizado no centro de São Paulo, o Solar da Marquesa de Santos é para aqueles que gostam de foto retro. A residência é muito bonita e garante cliques arrebatadores, com a roupa certa, sugerimos. A construção é da segunda metade do século XVIII. Quem morou nesta casa foi Domitila de Castro Canto e Melo, conhecida popularmente como Marquesa de Santos. No monumento histórico, você pode tirar fotos:

  • Na sacada,
  • Ao redor da casa,
  • Aproveitando a hora do por do Sol.

Aproveite nossas dicas e tire fotos nos lugares mais incríveis em São Paulo. Garantimos que você vai adorar.

Ah, não esqueça de revelar as fotos depois!

Se quiser ousar mesmo na ideia, faça mini sessões de fotos nos quatro lugares que falamos aqui e faça um Fotolivro depois. Quatro ensaios diferentes, com looks diferentes, e uma única proposta: celebrar você!

Newborn: Conheça tudo sobre este estilo de Fotografia

De uns anos para cá, fazer ensaio na gravidez e depois que o bebê nasce, ainda nos primeiros dias, virou moda. E tem cada ensaio lindo, não é? Você sabe como são feitos os chamados ensaios “ newborn ”? Vamos contar um pouco para você!

As sessões fotográficas com recém-nascidos, conhecida mundialmente como fotografia newborn, são feitas sempre por fotógrafos especializados (ou deveriam ser). Por isso é preciso muito cuidado na hora de escolher um fotógrafo para realizar a sua sessão, caso venha sonhando com um álbum de fotos lindo do seu bebê.

Cuidados no ensaio Newborn

Especialistas em fotografia newborn sabem exatamente o que fazer com os pequeninos e há toda uma preparação antes, durante e depois da sessão. Esse assunto é muito sério para ser tratado com simplicidade, afinal, estamos falando das pequenas joias da nossa vida.

Apesar de haver pediatras que não concordam com a fotografia newborn, há vários profissionais tão gabaritados realizando as sessões que é possível, sim, confiar que os bebês não sentirão desconforto.

fotografia newborn

Atenção ao Clima

Então, fique atenta! Fotógrafos de newborn sérios têm estúdios climatizados, o que permite manter a temperatura ideal para a comodidade do bebê. Para que eles possam usar figurinos fofos é importante que o clima esteja adequado.

O Flash pode ser um grande problema

O flash também é um assunto muito importante na hora da fotografia. Os profissionais sérios sabem exatamente como trabalhá-lo, por isso a fotografia newborn não representa também perigo nenhum para os olhinhos do bebê, como alguns podem apontar.

Fotógrafas Especializadas

A Daniela Margotto e a Carla Durante, duas das mais renomadas fotógrafas de newborn do Brasil, falaram sobre o assunto uma vez no programa da Ana Maria Braga. Assista!

https://globoplay.globo.com/v/4420768/

As fotógrafas de newborn, especializadas, esclarecerem dúvidas sobre como as sessões de fotos acontecem e os cuidados básicos. Responsabilidade e cuidado a gente vê por aqui também!

Em estúdios profissionais, acessórios como o difusor ajudam a espalhar a luz, o que alivia ainda mais para os bebês. Alguns fotógrafos, contudo, preferem usar a luz natural. Confira os detalhes de uma sessão de newborn.

Pontos de Atenção

  • Sessões duram de 4 a 6 horas;
  • Os bebês devem ter de 5 a 12 dias de vida.
  • Estúdios são climatizados.
  • Figurinos são especiais, antialérgicos, e ficam por conta do fotógrafo,
  • Há cuidados sérios para colocar o bebê na pose correta. Nem todas as posições fofas que se vê são aconselháveis.

Se você está grávida e ficou com vontade de realizar um ensaio newborn, procure um fotógrafo com referências. Você pode pesquisar nomes na Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos (ABFRN) e se informar sobre os profissionais. Quando fizer o seu ensaio, não deixe de mostrar para nós!