História da Fotografia: resumo de toda a trajetória!

A fotografia como conhecemos hoje tem como marca registrada a versatilidade. Utilizada na arte, na publicidade, no jornalismo e também no registro dos nossos momentos mais especiais, o caminho percorrido pela fotografia desde o primeiro registro feito com um daguerreótipo (primeiro equipamento fotográfico da história), no século XIX, foi longo!

Nós, do FotoRegistro, tentamos resumir essa história em uma linha do tempo, destacando os eventos mais importantes da história da fotografia. Confira!

1835

A primeira fotografia do mundo foi tirada por um pintor, o francês Louis Daguerre. Com o uso de placas de cobre cobertas com sais de prata, expostas à luz por 30 minutos, foram produzidas as primeiras fotografias.

As imagens captadas pelas placas se tornavam visíveis após serem expostas ao vapor de mercúrio. O único problema é que as fotografias eram únicas e ainda não era possível fabricar cópias.

1840

O físico William Henry Fox Talbot cria uma base de papel emulsionada com sais de prata e registra a primeira imagem em negativo. O processo é mais barato que o daguerreótipo e torna a fotografia presente na vida das pessoas comuns.

Neste mesmo ano surgem os primeiros estúdios de fotografia nos Estados Unidos e na Inglaterra, e a fotografia também chega ao oriente, em países como Japão e China.

1861 a 1865

A Guerra Civil dos Estados Unidos, também conhecida como Guerra de Secessão, é o primeiro evento coberto por fotojornalistas na história, como o americano Mathew Brady.

Guerra de Secessão dos Estados Unidos
Hypeness

1888

A Kodak lança a primeira máquina fotográfica portátil do mundo, com o slogan “Você aperta o botão. Nós fazemos o resto”.

1907

Os irmãos Lumiére, conhecidos mundialmente como os pais do cinema, também criaram o processo de impressão colorida de fotos. O método foi batizado de autochrome: várias chapas de vidro sobrepostas por camadas de fécula de batata tingidas de laranja, verde e violeta – as cores que mais se aproximam das cores primárias, vermelho, verde e azul.

A chapa colorida era inserida na câmera, ficando à frente com a emulsão em preto e branco. A fotografia aparece após a revelação e a sobreposição das chapas.

Henry Cartier Bresson
Ricardo Hage

Nas décadas seguintes, fotógrafos como Henry Cartier-Bresson ganham visibilidade. Obcecado em registrar o “momento decisivo” na fotografia, Bresson tornou-se um dos fotógrafos mais famosos de todos os tempos, especializado na fotografia de rua. Uma de suas frases mais conhecidas resume o seu estilo: “Fotografar é colocar na mesma linha a cabeça, o olho e o coração”.

1942

A Kodak lança o negativo colorido Kodacolor, que permite a cópia de fotos em cores.

1970

Dentro do contexto dos movimentos de contracultura, a fotografia passa a ser vista também como uma forma de arte. Fotografias passam a concorrer com as telas e são exibidas em galerias, museus e compradas por colecionadores.

Exposição fotográfica
Gabriel Cardoso

Também na década de 1970, um dos fotógrafos documentais brasileiros mais famosos faz a sua primeira expedição com uma câmera Leica, em uma viagem para a África. Graças ao seu talento, Sebastião Salgado passa a fazer parte da Agência Magnum, em 1979, contribuindo como fotojornalista.

Gênesis
Fonte: Noize/ Fotografia faz parte do livro Gênesis, lançado em 2013

1980

Foi na década de 1980 que a lomografia ficou popular. O modelo de câmera “lomo” foi construído pelo general Igor Kornitz, na antiga União Soviética. O general, um amante da fotografia, pediu que a indústria militar construísse uma câmera inspirada no modelo japonês Cosina SX2.

Lomografia
TechTudo

Com pouco tempo de exposição – cerca de 30 segundos – a câmera apresentava alta sensibilidade e fotos com grande contraste. A moda difundiu-se em todo o mundo nas décadas seguintes. A lomografia teve uma grande influência na fotografia de uma forma geral, inclusive na criação do aplicativo Instagram.

1990 aos anos 2000

As câmeras digitais ganham o mercado a partir da década de 1990. Marcas como Kodak, Canon, Epson e Sony ficam cada vez mais populares e proporcionam uma enorme qualidade de imagem.

Câmera Digital
FotoTelas

Atualmente, a fotografia faz parte das nossas vidas, seja nos smartphones, nas câmeras digitais ou nas câmeras analógicas, registrando as nossas lembranças. Curtiu o conteúdo sobre a história da fotografia? Então, compartilhe com os seus amigos. Até o próximo post!

O que é a fotografia de um filme? Saiba mais!

A direção de fotografia é um elemento fundamental na produção cinematográfica. De acordo com o site da Academia Internacional de Cinema, a fotografia de cinema ou cinematografia é o elemento que irá definir como se dará a captação das imagens em um filme, desde a sua pré-produção.

A fotografia é tão essencial em um filme que conta com uma categoria no Oscar desde a sua premiação de estreia, em 1929. O primeiro passo para a criação do conceito fotográfico é o estudo de referências relacionadas com o roteiro do filme – nesta etapa inicial, toda a equipe deve chegar a um consenso!

Quando estiver criando o conceito visual, o diretor de fotografia deverá considerar:

  • A estrutura de planos, ou seja: de que ângulo o espectador verá os objetos e os atores em cada uma das cenas;
  • A quantidade de câmeras utilizadas na gravação. Se uma cena for filmada com diversas câmeras, por exemplo, a imagem ficará sem perspectiva;
  • Iluminação utilizada;
  • Composição da cena, ou seja: de que maneira os atores deverão interagir com o ambiente e os objetos;
  • Tipo de lente utilizada. Assim como na fotografia, o uso de diferentes lentes irá trazer diferentes efeitos. Lentes ultra-wide, por exemplo, proporcionam uma perspectiva dramática para a cena. Já as lentes amplas, apresentam uma perspectiva maior que a percebida na realidade.

Uso de cores na fotografia de cinema

As cores são boas ferramentas para trazer dramaticidade a uma narrativa ou para levar o espectador para o passado, por exemplo, com o uso de cenas na coloração preto e branco ou em sépia. O tratamento das imagens e a aplicação de filtros, por exemplo, são realizados durante a etapa de pós-produção, com o apoio de softwares de edição.

Alguns diretores acabam imprimindo o seu estilo aos filmes, que são imediatamente reconhecidos pelo público graças ao tratamento de imagem semelhante. É o caso dos filmes de Tim Burton, como O Estranho Mundo de Jack (1993) e a Noiva Cadáver (2005). Outros ótimos exemplos são os filmes do diretor espanhol Pedro Almodóvar, cuja fotografia com cores fortes imprime toda a dramaticidade das suas narrativas.

Trabalho em equipe

O diretor de fotografia não é um profissional que trabalha sozinho. Fazem parte da equipe o operador e o assistente de câmera; o foquista (responsável por garantir o foco); o eletricista, responsável por manter os equipamentos de iluminação impecáveis; e, por fim, o maquinista, profissional que cuida de equipamentos como os trilhos e a grua, usados na estabilização das câmeras.

A seguir, confira alguns filmes que já foram vencedores nesta categoria na premiação do Oscar.

Blade Runner 2049 (2017)

Blade Runner
El País

La La Land: Cantando estações (2016)

La La Land
Folha do Rio de Janeiro

Memórias de uma gueixa (2005)

Memórias de Uma Gueixa
Cine Mundo

Dança com Lobos (1990)

Dança com Lobos
Alternate Endings

Romeu e Julieta (1968)

Romeu e Julieta
Minha Visão do Cinema

Nós, da equipe FotoRegistro, esperamos que você tenha aproveitado a leitura. E se você gosta de ler sobre a história da fotografia, dê uma olhada neste conteúdo que preparamos sobre a história da fotografia. Até a próxima!

Programa para edição de fotos: qual o melhor?

Se você ama fotografar, sabe que todas as imagens podem ser melhoradas depois de uma boa edição de fotos. Esse processo é indicado para corrigir imperfeições, melhorar a qualidade das fotografias e até para editar vídeos.

Se você está em busca do melhor programa para edição de fotos, veio ao lugar certo! Nós, do FotoRegistro selecionamos os principais aplicativos e softwares disponíveis do mercado para você encontrar o que melhor vai atender às suas expectativas e necessidades. Continue lendo para saber mais!

Adobe Photoshop

O Photoshop é o programa de edição de fotos mais conhecido e utilizado pelos usuários de todo o mundo. Com ele, é possível aplicar efeitos, corrigir imperfeições, criar a sensação de profundidade de campo, aplicar texturas às imagens, adicionar efeitos especiais de iluminação, usar camadas e filtros, e muito mais!

O programa está disponível para Windows, Mac, Android, iPhone e Windows Phone. O seu uso é pago, mas é possível usar durante 30 dias de forma gratuita. Ele possui a opção em português na maior parte das suas versões.

Photoscape

Embora não se compare ao Photoshop, o Photoscape é outro software bastante utilizado para melhorar as fotos e torná-las profissionais. O programa faz captura de tela, visualização, combinação, impressão, conversão e até criação de animações GIF.

As suas ferramentas são parecidas com as do Photoshop, porém, sua interface mais simples em português.

O programa está disponível para usuários do sistema da Microsoft e da Apple. A versão mais recente do Windows possui duas opções: o Photoscape 3.7, gratuito, ou o Photoscape X, que é pago.

Photoshop Elements

Se você está procurando por um editor online, o Photoshop Elements é um dos melhores do mercado para fotógrafos amadores. Apesar de ser direcionado a não-profissionais, ele possui uma grande variedade de filtros e recursos, que possibilitam excelentes resultados em suas fotos.

O programa está disponível para usuários Windows e Mac Os. É pago, mas é possível usá-lo durante trinta dias de forma gratuita. Contudo, sua desvantagem é que o programa não oferece versão em português.

Fotor

O Fotor é uma excelente alternativa para quem deseja editar as suas fotos diretamente do seu navegador de internet. O programa conta com ferramentas avançadas para dar todos os ajustes necessários para melhorar a sua imagem.

Ele também possui suporte para HDR, você pode combinar três fotos semelhantes e com exposições diferentes para criar uma imagem de melhor qualidade. Legal, não?

O programa está disponível para usuários do Google Play e no App Store. É gratuito e possui versão em português.

VSCO Cam

O aplicativo permite inserir efeitos e até mais avançados do que aqueles nativos do Instagram. Com ele, também é possível editar manualmente, com ajustes de sombras, cor, realces, cortar, melhorar a nitidez, alterar o contraste, o brilho e outras alterações similares.

Está disponível gratuitamente para usuários Android e iOS. Possui versão em português.

Não existe um programa para edição de fotos melhor do que os demais em todos os aspectos. Cada um tem as suas singularidades, diferenciais e destaques. Tudo depende de encontrar uma opção que se encaixe no seu nível de conhecimento técnico, necessidades e expectativas.

Se você gostou deste post, confira nosso conteúdo sobre como tirar fotos perfeitas com celular. Até a próxima!

Canon ou Nikon: qual marca escolher?

A maior concorrência no mundo da fotografia é protagonizada pelas marcas Canon e Nikon. Se você é um fotógrafo iniciante e está pensando em investir em uma câmera DSLR (Digital Single Lens Reflex), saiba que tanto Canon quanto Nikon são ótimas opções.

De acordo com uma pesquisa do World Press Photo, 54% dos fotógrafos profissionais utilizam câmeras da marca Canon. Porém, essa preferência não pode levar a uma opinião definitiva. Uma boa foto sempre irá depender da criatividade e da técnica de quem está por trás das lentes e isso se desenvolve com muito treino.

Sempre tenha em mente que ao optar por uma câmera, você estará preso aos seus acessórios e lentes compatíveis por um bom tempo, então vale a pena gastar um tempinho na pesquisa antes de fechar negócio.

Mesmo que o produto esteja disponível com um preço melhor na loja online, é melhor fazer uma visita à loja física e experimentar o peso da câmera, a qualidade da tela e se o equipamento é confortável quando você clicar.

Outra recomendação é fazer o seu próprio quadro comparativo, colocando todas as informações pertinentes que for encontrando em uma tabela. Assim, você consegue comparar as vantagens e as desvantagens de cada modelo de forma mais clara.

A seguir, vamos comparar os modelos Canon T5i e a Nikon D3300, mais indicados para quem está começando.

Canon T5i

Câmera Canon T5i
Mercado Livre

Para quem deseja produzir vídeos, a Canon sem dúvida é a mais indicada. Tanto que o modelo T5i é o mais usado entre Youtubers, devido ao seu preço acessível. A Canon conta com um menu touchscreen de boa qualidade, intuitivo e de boa conversão no modo RAW (cru, em tradução livre) para o formato JPEG.

Quanto às desvantagens, a bateria da Canon tem um tempo de vida mais curto que as outras DSLRs e a luz do foco vem integrada à luz do flash. Outra desvantagem é que a redução de ruído (pontos granulados na imagem) é menos eficiente, se compararmos com as outras marcas disponíveis no mercado.

Nikon D3300

Nikon D3300
Nikon

A Nikon é conhecida por ser mais acessível para quem está começando. O modelo D3300 possui controles manuais e também um guia para iniciantes. A lente original é de boa qualidade e também conta com uma luz assistente de foco. A Nikon D3300 também pode ser uma boa opção para o formato de vídeo, já que conta com resolução Full HD e microfone externo para a captação de som e tem um preço bem em conta.

A grande desvantagem é que ela não possui um modo HDR (High Dynamic Range), recurso responsável por melhorar a qualidade de imagem em monitores em geral.

Nós, do FotoRegistro, esperamos ter esclarecido algumas dúvidas quanto às características de cada marca. Porém, se você já desenvolve trabalhos como fotógrafo, resgatamos aqui algumas dicas de como montar um portfólio impecável de fotografia. Qualquer dúvida, deixe um comentário para a gente no final do post! Até a próxima.

Como conservar fotos reveladas: 4 dicas práticas

Muita gente tem um quartinho da bagunça onde estão armazenadas diversas coisas importantes, como fotos e álbuns de imagens novas ou antigas. Ou então mantêm essas fotos amontoadas em caixas de papelão ou de madeira guardadas dentro de armários.

Há também pessoas que adoram expor as suas fotos na sala ou em outros lugares que podem entrar em contato com poeira ou exposição ao sol. Certamente, essas maneiras que citamos agora não são adequadas para manter as suas recordações bem conservadas.

Em função disso, nós, do FotoRegistro, fizemos este texto com quatro dicas práticas de como conservar fotos reveladas. Vamos conferir quais são?

1 – Sem fotos expostas ao sol

Para começar, exposição à luz forte nem pensar! Se elas entrarem em contato diretamente com esse tipo de iluminação, as cores da imagem impressas no papel podem apagar com o tempo. Uma dica para quem gosta de expor as suas recordações: utilize uma moldura sem componentes químicos, como cola ou fita adesiva, pois isso também irá deteriorar as suas fotos.

2 – Deixe-as longe de umidade

Assim como o sol, a umidade também pode danificar para sempre as suas imagens reveladas. Os danos são irreparáveis, como rachaduras e deformações. Mas para que isso não seja um problema, a melhor solução para conservá-las adequadamente é deixá-las em um lugar fresco e sem muito contato com luminosidade.

3 – Poeira também é um problema!

É quase impossível ficar longe de poeira, não é mesmo? Elas também podem se acumudar nos seus registros e danificar as suas imagens. A poeira pode causar manchas permanentes e, em função disso, é muito importante mantê-las bem armazenadas. Para limpar uma foto com poeira, basta usar um pincel fofo até que toda a sujeira seja retirada. Mas, cuidado: não utilize produtos químicos para realizar a limpeza, isso pode danificar as fotos!

4 – Utilize bons papéis para impressão

Pode parecer bobo, mas não é. Uma foto impressa em um papel de boa qualidade pode fazer com que a imagem dure mais, mesmo em condições mais amenas de conservação. Mas como saber qual é o melhor papel para as suas fotos? A resposta para isso é: depende.

São diversas opções de tamanhos, texturas e gramaturas que podem influenciar nas suas fotos reveladas. A melhor maneira de saber qual é o papel mais indicado para imprimir as suas fotografias é contar com o serviço de uma empresa especializada em revelação. Dessa maneira, é fácil garantir uma maior durabilidade das imagens!

Bom, com essas quatro dicas práticas de como conservar as fotos reveladas, ficou muito mais fácil de armazenar as suas imagens, verdade? Que tal imprimir outras recordações suas e da família agora mesmo? Por aqui, no FotoRegistro, fazemos revelação de fotos de alta qualidade para ter aquela lembrança eternamente com você!

Se tiver outras dicas para compartilhar com a gente, fique à vontade. Abaixo, temos um espaço reservado para você deixar a sua opinião e comentário. Até o próximo post!

Como tirar uma boa selfie: dicas infalíveis

Se você gosta de tirar fotos de si mesma para postar nas redes sociais e receber muitas curtidas e comentários, saiba que não está sozinha! Há pessoas que assumem tirar até 200 autorretratos por dia!

Mas você sabe como tirar boas selfies? Se não sabe, estamos aqui para ajudar você! Confira as dicas que nós, do FotoRegistro, separamos para te ajudar a fazer selfies perfeitas. Vamos lá?

Como tirar uma selfie sozinha

Você pode tirar uma selfie sozinha no seu quarto, em um lugar ao ar livre ao fundo ou ainda em uma festa, colocando-se em primeiro plano, desfocando o fundo da imagem.

É mais comum que o rosto seja o foco, mas é possível inovar e tentar um ângulo diferente para dar destaque à outra parte do seu corpo ou ainda dele inteiro.

A dica de ouro aqui é observar a luz do ambiente sempre que fizer a selfie. Lembre-se que pequenas correções podem ser resolvidas com aplicativos para edição de imagens.

Mais uma boa dica é deixar o seu rosto em um dos cantos superiores da câmera para que a paisagem também se faça presente na imagem. Para saber se você está posicionada da forma correta, verifique se o seu olho está no último terço da imagem.

Lembre-se de posicionar a câmera do seu smartphone por cima da sua cabeça na hora de fazer o clique. Esse truque é ideal para esconder a flacidez no pescoço e reduzir as possíveis e incômodas papadas.

Aplicativos que fazem o seu make

Esqueceu de fazer o make? Não tem problema! Com os recursos de alguns aplicativos é possível colocar batom, sombra, blush, lápis de olho e rímel, além de ressaltar partes, suavizar defeitos da pele, remover olheiras, afinar nariz e bochechas.

Há diversas aplicações de maquiagem disponíveis para ajudar você a “bombar” as suas selfies nas redes sociais, como MakeUp Plus, Cymera Camera, Perfect 365: Maquiagem Facial, Photo Wonder, InstaBeauty, Facetune, Pretty Makeup, Beauty Photo Editor & Snappy Camera, AirBrush e Taha Plus.

Como tirar uma selfie um grupo

Selfie de grupo
Unplash

Uma selfie em grupo é uma pequena variação da selfie tradicional. Contudo, dependendo do número de pessoas presentes na imagem, a selfie vai precisar de alguns ajustes para sair perfeita. Pode ser necessário buscar um novo ângulo ou tomar mais distância para que ninguém fique de fora ou cortado ao meio. Para esse tipo de foto pode ser necessária a utilização de um bastão popularmente conhecido como pau de selfie ou ainda pedir para uma pessoa mais alta tirar a fotografia.

Gostou de saber como tirar uma boa selfie? Comente o que achou do texto e compartilhe as nossas dicas com os seus amigos. Até a próxima!

Como desfocar fundo de foto

Imagine que você vai fotografar um grupo de amigos e quer destacar uma dessas pessoas, talvez a aniversariante do dia ou ainda que você tenha produzido a foto perfeita, mas o fundo da imagem está confundindo o assunto principal.

Fotógrafos profissionais sabem que quem desfoca o fundo é a lente, ou melhor, é a abertura da lente. Entretanto, se você ainda tem a fotografia apenas como um hobby pode estar em dúvida sobre como colocar em prática este recurso em suas imagens.

Pensando nisso, nós, do FotoRegistro, separamos algumas dicas para ajudar você a fazer um álbum de recordações repleto de fotografias criativas e com boas fotos com fundo desfocado. Vamos lá?

1. Utilizar aplicativos para smartphones

Existem alguns aplicativos que conseguem fazer efeitos personalizados de desfoque em fotos, como o PicsArt. Com a utilização desse programa, é possível simular o efeito de câmeras profissionais que deixam um objeto ou uma pessoa em destaque na foto e desfoca apenas o fundo da imagem.

Você consegue o mesmo resultado usando o iPhone 7 Plus, o iPhone 8 Plus ou o iPhone X, com o uso do “modo retrato”. Com o aplicativo de editor de imagens, você também pode fazer efeitos de “blur”, semelhantes aos do Instagram.

A vantagem é que com o aplicativo você pode baixar o programa gratuitamente e em português, além da possibilidade de fazer montagens. O PicsArt é compatível para aparelhos Android e iPhone (iOS).

Outras opções de aplicativos que servem para desfocar o fundo das fotos são: Fabby, Tadaa SLR, Big Lens, FabFocus e Facetune.

2. Aproveitar os modos retrato e foco do Instagram

Quem é usuário do Instagram já sabe que virou moda desfocar o fundo das imagens nas selfies. Isso ocorre devido ao “modo retrato”, disponível para iPhone e alguns modelos de Android. O recurso cria um efeito igual aos das câmeras DSLR, de profundidade de campo.

Desde o ano passado, a rede social também oferece o modo “foco”, que permite focar um objeto ou uma pessoa em primeiro plano e desfocar o fundo da foto.

A opção “foco” está localizada abaixo do botão de gravação. Você pode tirar uma selfie ou mudar a câmera para a direção traseira. No momento em que um rosto é identificado, ele permanecerá focado com o segundo plano levemente desfocado, garantindo que a pessoa fique destacada na foto.

O mais legal é que o recurso também funciona para vídeos!

3. Usar o Photoshop

O Photoshop possui muitos recursos úteis para quem trabalha com edição de imagens ou apenas gosta de usar o programa para melhorar ou dar mais efeitos às suas imagens.

Você também pode utilizar o software para desfocar o fundo de uma foto, destacando apenas o que desejar. É preciso apenas selecionar a área da imagem em que deseja aplicar o efeito e desfocar.

Com o fundo da fotografia já selecionado, clique em “Filtro” e, depois em “Desfoque”. Em seguida, basta selecionar a opção “Desfoque de lente” e definir a intensidade do recurso.

Gostou de saber como desfocar fundo de foto? Comente o que achou do texto e compartilhe as nossas dicas com os seus amigos. Veja também o nosso conteúdo que discute se é possível fotografar profissionalmente com o celular. Vemos você no próximo post. Até mais!

7 dicas de fotos para Instagram que você precisa testar!

O Instagram é a rede social perfeita para quem gosta de fotografar cada momento da sua vida e não perde a chance de compartilhar com seus amigos e familiares. É natural que você queira que suas fotos estejam na melhor forma possível, para que todos consigam enxergar a vida como você vê, através das lentes.

É justamente por isso, para ajudar você a registrar fotografias ainda mais bonitas com seu smartphone antes de postar no seu Instagram, que nós, do FotoRegistro separamos essas dicas. Confira abaixo alguns truques infalíveis!

1 – Utilize um celular com câmera boa

Técnica é muito importante, e vamos falar um pouco mais sobre alguns truques abaixo. Mas de nada adianta você saber como tirar fotos boas, se não utilizar uma câmera com qualidade. Hoje em dia, existem diversos modelos de smartphones, dos mais baratos aos mais caros, que oferecem boas configurações e permitem fazer ótimos registros. Confira uma lista de bons smartphones para fotografia que nós fizemos em outro post.

2 – Limpe sempre a lente antes das fotos

Pode parecer boba, mas essa é uma dica que faz toda a diferença para a qualidade de suas fotos. Os nossos smartphones passam boa parte do tempo em nossas mãos, em contato com suor, ou então com a poeira do ambiente. Isso pode sujar a lente e deixar as imagens com aspecto borrado. Por isso, o ideal é limpá-la com uma flanela antes de fotografar!

3 – Aproveite a iluminação do ambiente

Iluminação é tudo na fotografia, e não seria diferente com o celular. Você pode produzir efeitos incríveis apenas aproveitando a luz natural do sol, como contrastes, contraluz e muito mais. O mesmo vale para os ambientes fechados: sempre que possível, use a iluminação das lâmpadas para favorecer a sua foto.

4 – Enquadre a foto de forma atraente

Já ouviu falar sobre a regra dos três terços? Essa técnica envolve a divisão da tela em nove quadrantes feitos por duas linhas horizontais e duas verticais. Os objetos de destaque devem ficar posicionados nas intersecções, ou seja, onde as linhas se encontram. O interessante é que a maioria das câmeras dos celulares já vêm com essa função, e você pode usar as linhas na hora de fotografar.

5 – Faça várias fotos em diferentes ângulos

Se tem uma coisa que você nunca vai pecar na fotografia é pelo excesso. Muitas vezes, fotografamos em um local especial e, quando vamos olhar novamente, a foto não ficou tão legal quanto gostaríamos. Portanto, a dica é fazer diversos registros, explorando diferentes ângulos, na direção e contra a luz, posicionando o objeto em diferentes partes dos quadrantes, etc. Deixe para escolher a sua preferida depois!

6 – Corte a imagem

Isso é uma dica que, se você ainda não conhece, vai mudar sua vida! Os celulares não possuem lentes teleobjetivas como as câmeras profissionais, então você não consegue aproximar um objeto distante sem usar o zoom. O problema é que essa função distorce a imagem e deixa ela com aspecto pixelado.

Por isso, a dica aqui é fazer a fotografia em um plano mais aberto e deixar para cortá-la antes de postar. Você vai ver que o Instagram, inclusive, oferece os quadrantes para você posicionar a imagem como desejar dentro da regra dos três terços.

7 – Use mais edição e menos filtros

E, por último: precisamos falar sobre os filtros! Nós sabemos que o Instagram possui várias opções de filtros e que basta um clique para inserir diferentes temáticas e cores nas suas imagens. Mas você vai perceber que, sabendo o básico sobre edição de fotos, como alterar a iluminação, o brilho e o contraste, podem fazer maravilhas na sua foto e deixá-la com um aspecto personalizado – e não tudo igual, como acontece com os filtros. A edição é o último passo antes de postar suas fotos e deixá-las deslumbrantes!

Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas de como tirar fotos ainda mais bonitas, não só para postar no Instagram, mas também para guardar com carinho. Se você quiser algumas ideias de como imprimir essas imagens e transformá-las em recordações especiais, confira o site do FotoRegistro. Temos vários produtos que você vai adorar!

Profissão Fotógrafo: formação, carreira e mercado de trabalho

Você gosta de fotografar e está pensando em transformar o seu hobby em uma profissão? Ser um fotógrafo profissional é o sonho de muitas pessoas que se identificam com o olhar mais subjetivo das lentes e que gosta de conhecer pessoas e lugares novos.

Hoje vamos falar mais sobre a profissão de fotógrafo, a formação necessária e as oportunidades de trabalho dentro deste mercado. Confira a seguir as dicas que nós, do FotoRegistro, separamos para te ajudar. Vamos lá?

Sobre os cursos de fotografia

É importante destacar que a profissão de fotógrafo ainda não é regulamentada no Brasil, não sendo exigido ter um diploma de ensino superior completo para exercer a profissão. No entanto, mesmo que você já saiba tirar boas fotos, adquirir o conhecimento técnico através de cursos é ideal para se lançar no mercado com mais segurança.

Se você tem interesse e disponibilidade para estudar, saiba que existem muitas opções de excelentes cursos no país: bacharelados, tecnólogos, cursos de extensão e cursos livres de curta, média ou longa duração.

O Tecnólogo em Fotografia possui dois anos de duração, com um conteúdo programático mais compacto e direcionado. Já o bacharelado conta com aulas mais complexas e conteúdos mais extensos, além da duração de quatro anos.

As aulas costumam incluir disciplinas como história da arte, fundamentos da fotografia, linguagem cinematográfica e fotográfica, processos digitais, gestão estratégica em fotografia, editoração para fotografia, fotojornalismo e tratamento da imagem fotográfica.

Como está o mercado de trabalho para os fotógrafos

O fotógrafo profissional pode ser contratado de um estúdio ou empresa de comunicação, por exemplo, ou ainda gerenciar o seu próprio negócio. As áreas de atuação de um fotógrafo são inúmeras: festas e eventos, arquitetura, moda, produtos, arte, gastronomia, publicidade, decoração, família, paisagens, turismo, etc.

Outra possibilidade de ganhar dinheiro dentro da profissão é a venda de fotografias para bancos de imagens na internet. Graças à popularização da fotografia digital, o mercado está mais aquecido e valorizado, possibilitando o crescimento da procura por profissionais especializados.

Quanto ganha um fotógrafo?

O valor de cada trabalho vai depender da sua experiência como fotógrafo, da área de atividade escolhida, da forma de trabalho e da sua duração.

Os fotógrafos iniciantes da área de eventos podem cobrar entre 1.500 e 3.500 mil reais por trabalhos. Já os profissionais com uma experiência maior e com o nome já conhecido no mercado podem cobrar valores acima de 20 mil reais.

A maior parte dos fotógrafos profissionais freelancers ganha de 1 a 5 mil reais por mês. Já os fotógrafos profissionais mais experientes e com nome já reconhecido no mercado costumam ganhar de 5 a 15 mil reais por mês.

Esperamos que esse conteúdo sobre a profissão de fotógrafo tenha sido útil para você que está pensando em iniciar nessa carreira. Comente o que achou do texto e envie as suas dúvidas nos comentários. Até a próxima!

Conheça 4 dicas para arrasar em um ensaio fotográfico

Ensaios fotográficos são conhecidos por marcar um momento especial na vida das pessoas e são realizados em lugares representativos, com cuidados redobrados com a luz e com o objeto ou a pessoa a ser fotografada. São os eventos mais esperados pelos fotolovers – os amantes de fotografia, que ficam cheios de expectativas para ver o resultado final das fotos. Quer se tornar um mestre em fotografia? Continue lendo.

Dica 1: fotografia é desenhar com a luz

Você terá nas suas mãos um equipamento que irá controlar toda a luz emitida no ambiente para conseguir o melhor resultado. Mas a dica é: sempre jogue a favor da luz. O objeto a ser fotografado precisa ficar de frente ao ponto de luz para imagens nítidas e perfeitas. Opte por ensaios fotográficos que sejam feitos pela parte da manhã ou no final do dia, onde a luz está mais singela e fácil de manusear.

Não esqueça de utilizar o modo manual da sua câmera. Ela te dará todo o controle para configurar o diafragma e o obturador da sua lente, que controla o nível de luz captada e a velocidade do clique. Em casos de fotografar com o celular, use a abuse dos controles de brilho e do contraste do aparelho para conseguir melhores resultados.

Dica 2: Use a regra dos terços

Marcações das regras do terço
Fonte: EMania

Aqui, você deve ativar o modo regra dos terços no seu aparelho Ele está disponível tanto em celulares quanto em câmeras fotográficas de qualquer nível. Esta ferramenta irá dividir a sua tela em nove quadrantes e para aplicar a regra é simples: mantenha o objeto fotografado entre os pontos de ligamento das linhas para criar uma harmonia especial e utilizar de forma harmoniosa os quatro cantos da imagem.

Dica 3: Cuide do ambiente

Sabe o que pode tornar o seu tão sonhado ensaio fotográfico em uma gafe fotográfica? Ter, por exemplo, lixeiras e objetos estranhos ao fundo da sua imagem principal. Além de ser algo desconfortável ao olhar, fazer a edição para a retirada desses elementos é um processo trabalhoso (isso quando não é feito de forma amadora, comprometendo toda a qualidade do trabalho final com distorções). Cuide para o que espaço ao fundo esteja limpo. Faça a composição do ambiente ideal para fotografar.

A dica aqui é ir com tempo de sobra antes do ensaio até o local onde as fotos serão realizadas. Faça uma revisão nos principais pontos e, se possível, monte um cenário ideal para que as imagens sejam criadas. Busque elementos para a composição da fotografia, como, por exemplo,: plantas, árvores e flores coloridas.

Dica 4: Busque referências antes de começar o ensaio

Sabe o que os fotolovers adoram fazer antes de se preparar para um ensaio de fotos? Ver referências que ajudem na composição de ideias. Não tenha medo de perguntar aos seus clientes os perfis que eles admiram no Instagram ou peça para que eles enviem para você uma série de imagens que faz os corações deles baterem mais forte. Assim, fica muito mais fácil de acertar o gosto pessoal de quem está sendo fotografado, aumentando as suas chances de sucesso. Estude antes!

Fotografar bem é uma questão de tempo, estudo e prática. Conte nos comentários quais dicas você vai começar a praticar mais vezes na sua rotina de ensaios. Até a próxima!