Como guardar fotos digitais: quais as formas mais seguras

Tiramos muitas fotos diariamente, não é? Só que a gente só lembra de fazer o armazenamento correto das imagens quando perdemos alguns destes cliques, seja por causa de uma exclusão errada ou até mesmo por causa de problemas no hardware do aparelho.

Para evitarmos este problema, listamos, abaixo, quatro formas de você guardar fotos de maneira segura — seja para manter longe os perigos de perder momentos importantes que foram captados ou para manter a privacidade dos seus arquivos. Vamos conferir?

Armazenamento em nuvem

Esta tem sido uma das maneiras mais comuns de armazenar imagens, principalmente as que são tiradas de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. É uma forma de guardar fotos de forma rápida, prática e muitas vezes envolve um aplicativo, o que torna o acesso a estas imagens algo simples, assim como abrir a pasta de imagens.

Abaixo, alguns exemplos de apps que oferecem o armazenamento em nuvem:

  • Google Fotos;
  • Google Drive;
  • Dropbox;
  • Microsoft OneDrive.

Todas as opções listadas acima oferecem o serviço de armazenamento gratuito. Alguns, como o Google Fotos, disponibilizam espaço ilimitado para fotos com até 16 megapixels e vídeos de até 1080p. Outros dos recursos acima, disponibilizam um número limitado de GB gratuitos para armazenagem. Quando ultrapassado este número, é preciso investir em um valor para ampliar a memória.

HD externo

Se você não confia no armazenamento digital e se sente mais seguro guardando suas fotos em dispositivos físicos, o HD externo é uma boa opção. Ele tem capacidade muito maior que um pen drive, mas funciona como tal. Nele, você pode criar pastas e seu próprio esquema de organização de arquivos, tendo eles sempre à mão – mas precisando de um computador para acessar as fotos.

Com esta opção, você precisa redobrar a atenção quanto aos cuidados com o objeto, pois HDs costumam ser muito sensíveis a quedas (o que pode ocasionar a perda total dos seus arquivos caso o hardware seja afetado). Lembre-se de manter ele sempre dentro de um case macio, que protege o HD em caso de algum acidente.

CD-Room

Mesmo com a digitalização das ferramentas, o CD permanece como uma opção segura de armazenamento, visto que ele suporta quedas e demais adversidades físicas (ideal para pessoas mais desastradas). Seu único problema é não permitir guardar arquivos em massa, visto que possui uma capacidade de armazenamento menor que o HD e os aplicativos digitais.

Cartões SD (Secure Digital)

A forma de funcionamento dos cartões SD, dos pen drives, pen cards e do HD externo são bem parecidas. Basta conectar o dispositivo em um computador e realizar o armazenamento das fotos. O cartão SD se diferencia por poder, também, exibir os arquivos através de câmeras fotográficas. Eles são compactos e podem ser levados para qualquer lado, até mesmo dentro de uma carteira.

Com todas essas dicas de armazenamento você pode dizer adeus ao medo de perder as suas imagens favoritas. Tantas selfies merecem um espaço especial e seguro, certo? É por isso que muita gente prefere, também, guardar suas lembranças em fotos impressas. Se você também é assim, então, fica aí a nossa última dica: como conservar as fotos reveladas!

Não esqueça de contar para gente nos comentários quais dicas deste artigo se encaixam melhor na sua rotina!

Como tirar foto de cachorro com 7 dicas!

Hoje em dia o que mais vemos em redes sociais são os famosos exibindo com orgulho os seus pets de estimação em imagens originais e criativas! E como está na moda também fazer álbum de fotos com animal de estimação, vamos incentivar você a fazer um ensaio fotográfico com o seu melhor amigo para guardar de recordação.

Confira as 7 dicas que nós, do FotoRegistro, separamos para te inspirar a tirar fotos do seu cachorro de estimação. Vamos lá?

1. Acostume o seu cão com a máquina fotográfica

Uma recomendação importante é acostumá-lo com a câmera fotográfica, assim como o som que ela produz e o flash. O ensine também a fazer algumas posições antes de começar a fotografar, como sentar ou carregar algum objeto com a boca. Faça-o obedecer você enquanto estiver brincando com ele.

2. Aproveite os momentos de sono

Aproveite os momentos que o seu cãozinho estiver dormindo para fotografá-lo. Como temos que torcer para ele fique parado na hora das fotos, a hora do soninho costuma ser a melhor para pegá-lo o mais calmo possível, quase imóvel para tirar algumas fotos mais fofas e serenas.

3. Escolha um bom lugar

Escolha um lugar mais tranquilo para tirar fotos para que o seu pet não se distraia. Quanto menos ele ficar agitado, melhor. Tente encontrar brinquedos ou distrações que o deixem mais relaxado, como música instrumental ou clássica.

4. Leve brinquedos, petiscos, ração e água

Com a ajuda de alguns itens de “primeira necessidade” como brinquedos, ração e água, você vai fazer com que o seu cachorrinho se interesse em participar das brincadeiras, além de mantê-lo com a barriguinha cheia e bem hidratado. Alguns petiscos também podem ser uma “mão na roda” para essas horas!

5. Invista em acessórios

Invista em acessórios que ajudem na hora de registrar os momentos mais engraçadinhos do seu melhor amigo. Podem ser roupas ou mesmo brinquedos. Acessórios como óculos e chapéus podem render ótimos cliques!

6. Tire fotos na altura dos olhos

Uma dica de ouro é sempre fotografar na altura dos olhos do seu cãozinho. Você pode ficar agachado para conseguir tirar fotos do rosto dele sem ficar com aquela impressão de que eles ficaram “achatados”. Deite-se no chão, ou então, coloque-o em um lugar mais alto do que você, como o sofá ou uma cadeira, sempre buscando contato visual com ele.

7. Tenha muita paciência

É preciso ter muita paciência e persistência para conseguir a “foto perfeita” em ensaios fotográficos de pets, mas com muito amor e jeitinho você vai saber aproveitar os melhores momentos para fazer os melhores cliques.

Depois que você tirar as fotografias e escolher as suas preferidas, faça um álbum de fotos ou fotolivro para guardar de recordação. Também dá para fazer uma linda caneca personalizada com a carinha dele. Vai ficar lindo!

Gostou de saber Como tirar foto de cachorro com 7 dicas!? Comente o que achou do texto e envie as suas dúvidas nos comentários. Até a próxima!

Fotos vintage: 4 dicas para fazer fotografias incríveis!

Estamos vivendo um momento em que o estilo vintage está dominando diversas áreas: na decoração, nas redes sociais e, claro, na fotografia. Esta tendência traz de volta a nostalgia, o romantismo e um certo apego aos tempos antigos, simulando fotos capturadas em câmeras analógicas, com estética dos anos 80 e 90.

Mas, você sabe como tirar fotos vintage? Se não sabe, estamos aqui para isso! Confira as 4 dicas que nós, do FotoRegistro, separamos para ajudar você a fazer fotos vintage incríveis. Vamos lá?

1. Use tons de sépia

A cor sépia, também conhecida como cor de foto envelhecida, tem um tipo de grão dourado marrom em sua composição que lhe confere a aparência perfeita para o estilo vintage.

2. Utilize preto e branco

Apesar da cor sépia ser a melhor para dar o ar vintage às suas fotos, não significa que você possa dispensar o uso da clássica combinação preto e branco para os seus registros. Para que o resultado dê certo, basta prestar atenção em detalhes como grãos, imperfeições e borrados que são o charme ideal para fazer uma bela foto vintage.

3. Faça a digitalização

Uma das maneiras mais fáceis de criar fotos vintage é pegar aquela sua fotografia antiga e digitalizá-la no computador. Desta maneira, você vai conseguir dar o efeito necessário nas suas imagens em questões de segundos! Mas, atenção: talvez seja necessário restaurar a imagem para trazer de volta todo o charme que essa fotografia precisa ter para ser um sucesso.

4. Recorra a aplicativos

Existem diversos aplicativos que podem servir muito bem para você transformar a sua foto em uma composição vintage.

O app Huji Cam cria o funcionamento de uma câmera analógica na tela do seu smartphone. As imagens são capturadas com as configurações comuns às das câmeras de filme e ainda são aplicadas falhas na iluminação.

Para dar mais fidelidade às fotografias como sendo de épocas antigas, o programa também exibe uma data inventada de captura, inicialmente marcando o ano de 1998, mas que pode ser mudada nas configurações do aplicativo.

Já o Lomography conta com mais filtros no estilo vintage e muitos efeitos para transformar a sua fotografia em uma obra de arte. O aplicativo consegue alterar a composição da luz, deixando a imagem com características de mais envelhecida. Há também aplicabilidade de datas fake nas capturas, como a opção anterior.

  • Dica: Utilize o Instants, aplicativo que simula um efeito de foto Polaroid em sua câmera de celular. Existem vários modelos para deixar a foto no estilo vintage, com opções gratuitas e pagas.

E os recursos não param por aí, você pode escrever um texto que será anexado à foto com uma fonte que simula uma anotação manuscrita, deixando a sua foto vintage ainda mais realista. O usuário pode ainda mudar a cor da moldura da foto e aplicar efeitos de luz. Depois, basta admirar o resultado da sua foto vintage e salvá-la em seu celular ou enviá-la para as redes sociais.

Essas são apenas algumas dicas para você fazer fotografias incríveis dentro do estilo vintage e receber muitos likes e corações nas redes sociais. Aproveite que você está por aqui e saiba também quais os 8 melhores aplicativos para editar fotos no celular. Até a próxima!

5 dicas de poses para fotos de aniversário infantil

Você é apaixonada por fotografia e quer fazer os registros do aniversário do seu filho ou filha? Trouxemos algumas dicas especialmente para você!

Nós, do FotoRegistro, preparamos um conteúdo para dar 5 dicas de poses para fotos de aniversário infantil no melhor estilo faça você mesma. Vamos lá?

1. Foto do aniversariante sozinho

Aproveite para começar a tirar as fotos do aniversariante sozinho no início da festa, antes mesmo dos convidados chegarem. Essa é a hora em que o seu filho estará mais disposto para ficar parado e sorrir para a câmera. Ele também ainda vai estar todo arrumado, fresquinho e sem um pingo de suor.

Tire fotos dele na mesa do bolo, com a decoração da festa, com as lembrancinhas e nos vários ambientes do salão de festas ou do lugar em que será realizado o aniversário.

Aniversariante Mesa
Pixabay

Se a criança for trocar de roupa para cantar os parabéns, não esqueça de fazer esses registros também.

Depois, claro, tire fotos dele já com a festa em andamento, com toda a empolgação e a alegria dos convidados, e das atrações da festa.

Você pode fazer também algumas fotos do aniversariante depois da festa encerrada, com ele já abrindo os presentes, mostrando as suas reações de felicidade e de surpresa. O resultado vai ficar incrível!

2. Foto do aniversariante com os pais

Essa é difícil de você esquecer, mas não custa lembrar. Além das poses tradicionais, tente fazer fotos diferentes, engraçadas e até com acessórios, como perucas, óculos, bolinhas de sabão, etc.

Fotos com vocês olhando um para o outro, trocando beijos e abraços ficarão lindas!

3. Foto do aniversariante com os amiguinhos

Nestes momentos, vale registrar qualquer pose, brincadeira ou expressão natural da criançada. Afinal, é ao lado dos amigos que os pequenos conseguem se soltar mais e aproveitar muito melhor qualquer festa.

Pose com Amigos
Freepik

4. Foto das atrações da festa

Se você vai fazer o aniversário do seu filho em um salão de festas, as atrações e os brinquedos não podem ficar de fora dos cliques. Então, esse registro não pode faltar. Fotografe todas as crianças brincando, se divertindo, correndo e rindo.

E se os pais entrarem na brincadeira, melhor ainda! Vai render ótimas fotos para a posteridade!

5. Foto na hora de cantar os parabéns

É claro que a hora de cantar os parabéns e de assoprar as velas não pode ficar de fora do álbum de fotografias da festa!

Deixe algumas pessoas responsáveis por fotografar em diferentes pontos da festa para conseguir vários ângulos de um mesmo momento. Você também pode pedir para um ou dois convidados filmarem nessa hora.

Aniversário com os amigos
Freepik

Outra ideia é tirar algumas fotos somente da decoração da mesa do bolo e mais especificamente do bolo, que é um detalhe todo especial e que representa a celebração desse momento. A mesa dos doces e as lembrancinhas também não podem ser esquecidas.

Gostou das dicas de poses para fotos de aniversário infantil? Com certeza você vai conseguir fotos lindas dos seus pequenos! Agora, já vai pensando em como guardar essas recordações, viu? Dá uma olhadinha em como guardar as fotos do aniversário do seu filho, são várias ideias bonitas e para durar muito tempo!

4 ideias para personalizar capa de caderno!

As aulas já estão para começar! Então, que tal inovar na confecção dos seus materiais escolares utilizando capas de caderno personalizadas? Para fazer a customização do caderno escolar ou daquele caderno de anotações, você pode usar a criatividade de um jeito único, imprimindo estilo e personalidade ao seu companheiro de estudos.

A seguir, nós, do FotoRegistro, vamos mostrar 4 ideias de como personalizar capa de caderno. Continue lendo e deixe a sua imaginação fluir!

Capa de caderno personalizado com fotos

Você pode inovar totalmente na apresentação da capa do seu caderno selecionando uma das suas fotos preferidas – pode ser alguma lembrança de uma viagem ou uma foto que remeta a um momento muito especial. Que tal imprimir a foto em um formato expandido ou colocá-la em um fundo a sua escolha.

Outra ideia para o caderno personalizado com foto é utilizar imagens dos seus bichinhos de estimação ou até de ídolos do cinema! A vantagem desse formato é a sua praticidade e a finalização do produto.

Caderno FotoRegistro
FotoRegistro

Capa de caderno com tecidos

Capa de Caderno com Tecido
Blog Armarinhos Web

Outra opção é customizar o seu caderno utilizando um ou mais tipos de tecidos para que ele seja único. Você pode escolher um tecido mais ao estilo vintage, com renda, forrado, com um ar mais romântico, com muitas flores e até com jeans e pérolas!

Capa de caderno com recortes

Caderno Personalizado
Artesanato e Reciclagem

Você pode recortar imagens bonitas e divertidas encontradas em páginas de revistas impressas ou imprimir diretamente do seu computador.

O papel contact é um ótimo material para ser usado na colagem. Corte um pedaço um pouco maior que a capa do caderno e prenda a parte adesiva no local onde deseja começar a colar, encaixando a imagem que você deseja usar.

Na medida que você for colando, vá ajeitando e empurrando o contact por toda a superfície da capa, retirando a parte branca do contact por baixo. Cuidado para não deixar bolhas de ar para que a capa fique lisinha.

Capa de caderno com EVA

Capa de Caderno EVA
Elo 7

O E.V.A. (Ethil Vinil Acetat), parecido com uma espuma estética, é mais um exemplo de material super versátil, barato e fácil de manusear. Além disso, é possível encontrá-lo em diversas cores e modelos, o que permite criar capas lindas e cheias de charme!

Com essas dicas, é possível customizar do seu jeito e com muita criatividade o seu caderno de aula, de anotações, de receitas culinárias, seu diário, enfim, o que você quiser!

Se você gostou muito da ideia de customizar o seu caderno com fotos, confira os modelos existentes no site do FotoRegistro para se inspirar e encomendar logo o seu! Até o próximo post!

História da Fotografia: resumo de toda a trajetória!

A fotografia como conhecemos hoje tem como marca registrada a versatilidade. Utilizada na arte, na publicidade, no jornalismo e também no registro dos nossos momentos mais especiais, o caminho percorrido pela fotografia desde o primeiro registro feito com um daguerreótipo (primeiro equipamento fotográfico da história), no século XIX, foi longo!

Nós, do FotoRegistro, tentamos resumir essa história em uma linha do tempo, destacando os eventos mais importantes da história da fotografia. Confira!

1835

A primeira fotografia do mundo foi tirada por um pintor, o francês Louis Daguerre. Com o uso de placas de cobre cobertas com sais de prata, expostas à luz por 30 minutos, foram produzidas as primeiras fotografias.

As imagens captadas pelas placas se tornavam visíveis após serem expostas ao vapor de mercúrio. O único problema é que as fotografias eram únicas e ainda não era possível fabricar cópias.

1840

O físico William Henry Fox Talbot cria uma base de papel emulsionada com sais de prata e registra a primeira imagem em negativo. O processo é mais barato que o daguerreótipo e torna a fotografia presente na vida das pessoas comuns.

Neste mesmo ano surgem os primeiros estúdios de fotografia nos Estados Unidos e na Inglaterra, e a fotografia também chega ao oriente, em países como Japão e China.

1861 a 1865

A Guerra Civil dos Estados Unidos, também conhecida como Guerra de Secessão, é o primeiro evento coberto por fotojornalistas na história, como o americano Mathew Brady.

Guerra de Secessão dos Estados Unidos
Hypeness

1888

A Kodak lança a primeira máquina fotográfica portátil do mundo, com o slogan “Você aperta o botão. Nós fazemos o resto”.

1907

Os irmãos Lumiére, conhecidos mundialmente como os pais do cinema, também criaram o processo de impressão colorida de fotos. O método foi batizado de autochrome: várias chapas de vidro sobrepostas por camadas de fécula de batata tingidas de laranja, verde e violeta – as cores que mais se aproximam das cores primárias, vermelho, verde e azul.

A chapa colorida era inserida na câmera, ficando à frente com a emulsão em preto e branco. A fotografia aparece após a revelação e a sobreposição das chapas.

Henry Cartier Bresson
Ricardo Hage

Nas décadas seguintes, fotógrafos como Henry Cartier-Bresson ganham visibilidade. Obcecado em registrar o “momento decisivo” na fotografia, Bresson tornou-se um dos fotógrafos mais famosos de todos os tempos, especializado na fotografia de rua. Uma de suas frases mais conhecidas resume o seu estilo: “Fotografar é colocar na mesma linha a cabeça, o olho e o coração”.

1942

A Kodak lança o negativo colorido Kodacolor, que permite a cópia de fotos em cores.

1970

Dentro do contexto dos movimentos de contracultura, a fotografia passa a ser vista também como uma forma de arte. Fotografias passam a concorrer com as telas e são exibidas em galerias, museus e compradas por colecionadores.

Exposição fotográfica
Gabriel Cardoso

Também na década de 1970, um dos fotógrafos documentais brasileiros mais famosos faz a sua primeira expedição com uma câmera Leica, em uma viagem para a África. Graças ao seu talento, Sebastião Salgado passa a fazer parte da Agência Magnum, em 1979, contribuindo como fotojornalista.

Gênesis
Fonte: Noize/ Fotografia faz parte do livro Gênesis, lançado em 2013

1980

Foi na década de 1980 que a lomografia ficou popular. O modelo de câmera “lomo” foi construído pelo general Igor Kornitz, na antiga União Soviética. O general, um amante da fotografia, pediu que a indústria militar construísse uma câmera inspirada no modelo japonês Cosina SX2.

Lomografia
TechTudo

Com pouco tempo de exposição – cerca de 30 segundos – a câmera apresentava alta sensibilidade e fotos com grande contraste. A moda difundiu-se em todo o mundo nas décadas seguintes. A lomografia teve uma grande influência na fotografia de uma forma geral, inclusive na criação do aplicativo Instagram.

1990 aos anos 2000

As câmeras digitais ganham o mercado a partir da década de 1990. Marcas como Kodak, Canon, Epson e Sony ficam cada vez mais populares e proporcionam uma enorme qualidade de imagem.

Câmera Digital
FotoTelas

Atualmente, a fotografia faz parte das nossas vidas, seja nos smartphones, nas câmeras digitais ou nas câmeras analógicas, registrando as nossas lembranças. Curtiu o conteúdo sobre a história da fotografia? Então, compartilhe com os seus amigos. Até o próximo post!

O que é a fotografia de um filme? Saiba mais!

A direção de fotografia é um elemento fundamental na produção cinematográfica. De acordo com o site da Academia Internacional de Cinema, a fotografia de cinema ou cinematografia é o elemento que irá definir como se dará a captação das imagens em um filme, desde a sua pré-produção.

A fotografia é tão essencial em um filme que conta com uma categoria no Oscar desde a sua premiação de estreia, em 1929. O primeiro passo para a criação do conceito fotográfico é o estudo de referências relacionadas com o roteiro do filme – nesta etapa inicial, toda a equipe deve chegar a um consenso!

Quando estiver criando o conceito visual, o diretor de fotografia deverá considerar:

  • A estrutura de planos, ou seja: de que ângulo o espectador verá os objetos e os atores em cada uma das cenas;
  • A quantidade de câmeras utilizadas na gravação. Se uma cena for filmada com diversas câmeras, por exemplo, a imagem ficará sem perspectiva;
  • Iluminação utilizada;
  • Composição da cena, ou seja: de que maneira os atores deverão interagir com o ambiente e os objetos;
  • Tipo de lente utilizada. Assim como na fotografia, o uso de diferentes lentes irá trazer diferentes efeitos. Lentes ultra-wide, por exemplo, proporcionam uma perspectiva dramática para a cena. Já as lentes amplas, apresentam uma perspectiva maior que a percebida na realidade.

Uso de cores na fotografia de cinema

As cores são boas ferramentas para trazer dramaticidade a uma narrativa ou para levar o espectador para o passado, por exemplo, com o uso de cenas na coloração preto e branco ou em sépia. O tratamento das imagens e a aplicação de filtros, por exemplo, são realizados durante a etapa de pós-produção, com o apoio de softwares de edição.

Alguns diretores acabam imprimindo o seu estilo aos filmes, que são imediatamente reconhecidos pelo público graças ao tratamento de imagem semelhante. É o caso dos filmes de Tim Burton, como O Estranho Mundo de Jack (1993) e a Noiva Cadáver (2005). Outros ótimos exemplos são os filmes do diretor espanhol Pedro Almodóvar, cuja fotografia com cores fortes imprime toda a dramaticidade das suas narrativas.

Trabalho em equipe

O diretor de fotografia não é um profissional que trabalha sozinho. Fazem parte da equipe o operador e o assistente de câmera; o foquista (responsável por garantir o foco); o eletricista, responsável por manter os equipamentos de iluminação impecáveis; e, por fim, o maquinista, profissional que cuida de equipamentos como os trilhos e a grua, usados na estabilização das câmeras.

A seguir, confira alguns filmes que já foram vencedores nesta categoria na premiação do Oscar.

Blade Runner 2049 (2017)

Blade Runner
El País

La La Land: Cantando estações (2016)

La La Land
Folha do Rio de Janeiro

Memórias de uma gueixa (2005)

Memórias de Uma Gueixa
Cine Mundo

Dança com Lobos (1990)

Dança com Lobos
Alternate Endings

Romeu e Julieta (1968)

Romeu e Julieta
Minha Visão do Cinema

Nós, da equipe FotoRegistro, esperamos que você tenha aproveitado a leitura. E se você gosta de ler sobre a história da fotografia, dê uma olhada neste conteúdo que preparamos sobre a história da fotografia. Até a próxima!

Programa para edição de fotos: qual o melhor?

Se você ama fotografar, sabe que todas as imagens podem ser melhoradas depois de uma boa edição de fotos. Esse processo é indicado para corrigir imperfeições, melhorar a qualidade das fotografias e até para editar vídeos.

Se você está em busca do melhor programa para edição de fotos, veio ao lugar certo! Nós, do FotoRegistro selecionamos os principais aplicativos e softwares disponíveis do mercado para você encontrar o que melhor vai atender às suas expectativas e necessidades. Continue lendo para saber mais!

Adobe Photoshop

O Photoshop é o programa de edição de fotos mais conhecido e utilizado pelos usuários de todo o mundo. Com ele, é possível aplicar efeitos, corrigir imperfeições, criar a sensação de profundidade de campo, aplicar texturas às imagens, adicionar efeitos especiais de iluminação, usar camadas e filtros, e muito mais!

O programa está disponível para Windows, Mac, Android, iPhone e Windows Phone. O seu uso é pago, mas é possível usar durante 30 dias de forma gratuita. Ele possui a opção em português na maior parte das suas versões.

Photoscape

Embora não se compare ao Photoshop, o Photoscape é outro software bastante utilizado para melhorar as fotos e torná-las profissionais. O programa faz captura de tela, visualização, combinação, impressão, conversão e até criação de animações GIF.

As suas ferramentas são parecidas com as do Photoshop, porém, sua interface mais simples em português.

O programa está disponível para usuários do sistema da Microsoft e da Apple. A versão mais recente do Windows possui duas opções: o Photoscape 3.7, gratuito, ou o Photoscape X, que é pago.

Photoshop Elements

Se você está procurando por um editor online, o Photoshop Elements é um dos melhores do mercado para fotógrafos amadores. Apesar de ser direcionado a não-profissionais, ele possui uma grande variedade de filtros e recursos, que possibilitam excelentes resultados em suas fotos.

O programa está disponível para usuários Windows e Mac Os. É pago, mas é possível usá-lo durante trinta dias de forma gratuita. Contudo, sua desvantagem é que o programa não oferece versão em português.

Fotor

O Fotor é uma excelente alternativa para quem deseja editar as suas fotos diretamente do seu navegador de internet. O programa conta com ferramentas avançadas para dar todos os ajustes necessários para melhorar a sua imagem.

Ele também possui suporte para HDR, você pode combinar três fotos semelhantes e com exposições diferentes para criar uma imagem de melhor qualidade. Legal, não?

O programa está disponível para usuários do Google Play e no App Store. É gratuito e possui versão em português.

VSCO Cam

O aplicativo permite inserir efeitos e até mais avançados do que aqueles nativos do Instagram. Com ele, também é possível editar manualmente, com ajustes de sombras, cor, realces, cortar, melhorar a nitidez, alterar o contraste, o brilho e outras alterações similares.

Está disponível gratuitamente para usuários Android e iOS. Possui versão em português.

Não existe um programa para edição de fotos melhor do que os demais em todos os aspectos. Cada um tem as suas singularidades, diferenciais e destaques. Tudo depende de encontrar uma opção que se encaixe no seu nível de conhecimento técnico, necessidades e expectativas.

Se você gostou deste post, confira nosso conteúdo sobre como tirar fotos perfeitas com celular. Até a próxima!

Canon ou Nikon: qual marca escolher?

A maior concorrência no mundo da fotografia é protagonizada pelas marcas Canon e Nikon. Se você é um fotógrafo iniciante e está pensando em investir em uma câmera DSLR (Digital Single Lens Reflex), saiba que tanto Canon quanto Nikon são ótimas opções.

De acordo com uma pesquisa do World Press Photo, 54% dos fotógrafos profissionais utilizam câmeras da marca Canon. Porém, essa preferência não pode levar a uma opinião definitiva. Uma boa foto sempre irá depender da criatividade e da técnica de quem está por trás das lentes e isso se desenvolve com muito treino.

Sempre tenha em mente que ao optar por uma câmera, você estará preso aos seus acessórios e lentes compatíveis por um bom tempo, então vale a pena gastar um tempinho na pesquisa antes de fechar negócio.

Mesmo que o produto esteja disponível com um preço melhor na loja online, é melhor fazer uma visita à loja física e experimentar o peso da câmera, a qualidade da tela e se o equipamento é confortável quando você clicar.

Outra recomendação é fazer o seu próprio quadro comparativo, colocando todas as informações pertinentes que for encontrando em uma tabela. Assim, você consegue comparar as vantagens e as desvantagens de cada modelo de forma mais clara.

A seguir, vamos comparar os modelos Canon T5i e a Nikon D3300, mais indicados para quem está começando.

Canon T5i

Câmera Canon T5i
Mercado Livre

Para quem deseja produzir vídeos, a Canon sem dúvida é a mais indicada. Tanto que o modelo T5i é o mais usado entre Youtubers, devido ao seu preço acessível. A Canon conta com um menu touchscreen de boa qualidade, intuitivo e de boa conversão no modo RAW (cru, em tradução livre) para o formato JPEG.

Quanto às desvantagens, a bateria da Canon tem um tempo de vida mais curto que as outras DSLRs e a luz do foco vem integrada à luz do flash. Outra desvantagem é que a redução de ruído (pontos granulados na imagem) é menos eficiente, se compararmos com as outras marcas disponíveis no mercado.

Nikon D3300

Nikon D3300
Nikon

A Nikon é conhecida por ser mais acessível para quem está começando. O modelo D3300 possui controles manuais e também um guia para iniciantes. A lente original é de boa qualidade e também conta com uma luz assistente de foco. A Nikon D3300 também pode ser uma boa opção para o formato de vídeo, já que conta com resolução Full HD e microfone externo para a captação de som e tem um preço bem em conta.

A grande desvantagem é que ela não possui um modo HDR (High Dynamic Range), recurso responsável por melhorar a qualidade de imagem em monitores em geral.

Nós, do FotoRegistro, esperamos ter esclarecido algumas dúvidas quanto às características de cada marca. Porém, se você já desenvolve trabalhos como fotógrafo, resgatamos aqui algumas dicas de como montar um portfólio impecável de fotografia. Qualquer dúvida, deixe um comentário para a gente no final do post! Até a próxima.

Como conservar fotos reveladas: 4 dicas práticas

Muita gente tem um quartinho da bagunça onde estão armazenadas diversas coisas importantes, como fotos e álbuns de imagens novas ou antigas. Ou então mantêm essas fotos amontoadas em caixas de papelão ou de madeira guardadas dentro de armários.

Há também pessoas que adoram expor as suas fotos na sala ou em outros lugares que podem entrar em contato com poeira ou exposição ao sol. Certamente, essas maneiras que citamos agora não são adequadas para manter as suas recordações bem conservadas.

Em função disso, nós, do FotoRegistro, fizemos este texto com quatro dicas práticas de como conservar fotos reveladas. Vamos conferir quais são?

1 – Sem fotos expostas ao sol

Para começar, exposição à luz forte nem pensar! Se elas entrarem em contato diretamente com esse tipo de iluminação, as cores da imagem impressas no papel podem apagar com o tempo. Uma dica para quem gosta de expor as suas recordações: utilize uma moldura sem componentes químicos, como cola ou fita adesiva, pois isso também irá deteriorar as suas fotos.

2 – Deixe-as longe de umidade

Assim como o sol, a umidade também pode danificar para sempre as suas imagens reveladas. Os danos são irreparáveis, como rachaduras e deformações. Mas para que isso não seja um problema, a melhor solução para conservá-las adequadamente é deixá-las em um lugar fresco e sem muito contato com luminosidade.

3 – Poeira também é um problema!

É quase impossível ficar longe de poeira, não é mesmo? Elas também podem se acumudar nos seus registros e danificar as suas imagens. A poeira pode causar manchas permanentes e, em função disso, é muito importante mantê-las bem armazenadas. Para limpar uma foto com poeira, basta usar um pincel fofo até que toda a sujeira seja retirada. Mas, cuidado: não utilize produtos químicos para realizar a limpeza, isso pode danificar as fotos!

4 – Utilize bons papéis para impressão

Pode parecer bobo, mas não é. Uma foto impressa em um papel de boa qualidade pode fazer com que a imagem dure mais, mesmo em condições mais amenas de conservação. Mas como saber qual é o melhor papel para as suas fotos? A resposta para isso é: depende.

São diversas opções de tamanhos, texturas e gramaturas que podem influenciar nas suas fotos reveladas. A melhor maneira de saber qual é o papel mais indicado para imprimir as suas fotografias é contar com o serviço de uma empresa especializada em revelação. Dessa maneira, é fácil garantir uma maior durabilidade das imagens!

Bom, com essas quatro dicas práticas de como conservar as fotos reveladas, ficou muito mais fácil de armazenar as suas imagens, verdade? Que tal imprimir outras recordações suas e da família agora mesmo? Por aqui, no FotoRegistro, fazemos revelação de fotos de alta qualidade para ter aquela lembrança eternamente com você!

Se tiver outras dicas para compartilhar com a gente, fique à vontade. Abaixo, temos um espaço reservado para você deixar a sua opinião e comentário. Até o próximo post!