Estúdio Caseiro: Dicas para montar o Seu

Você gosta tanto de fotografar, mas tanto, que seus amigos já pedem uma “ajudinha” em festas, eventos ou até para fazer “ensaios”? Já pensou em montar um estúdio caseiro?

A ideia não é absurda não, viu? Olha só as dicas que temos para você montar o seu estúdio caseiro e ter o prazer de se sentir um fotógrafo profissional por algumas horas. Quem sabe uma nova profissão não se revela, hein?

Se você já tem uma câmera adequada, aquele olhar “clínico”, só te falta mesmo o espaço. Assim, o primeiro passo é reservar um cômodo só para o seu estúdio. Mínimo que seja, mas deve ser apenas para isso.

O que precisa ter no seu estúdio caseiro?

Se o cômodo tiver poucas janelas, melhor ainda. Você vai precisar de um espaço no qual você controla a luz. Se tiver muitas janelas, não tenha pressa para ir testando meios de controlá-las. Use tecidos, cortinas blackout, folhas de madeira, tanto faz. É importante não ter pressa porque é justamente delas que você vai obter resultado x, y ou z. A luz é a matéria prima do seu trabalho, certo?

Como tornar um estúdio caseiro o mais próximo do profissional com luzes adequadas?

Além de controlar as janelas, usar flashes fora da câmera é uma opção. Você não precisa de muitos. Comece com calma e vai investindo aos poucos, caso sinta vontade.

Você pode optar por refletores, e aí há inúmeros. Ou pode, em último caso, improvisar mesmo com uma lâmpada bem forte. Vale tudo para começar já a profissionalizar o seu hobby.

Na medida em que for conhecendo outros tipos de luzes você pode ir testando, ou mesmo ir combinando mais lâmpadas, ou improvisando com tecidos e papeis. Seja criativo em seu estúdio caseiro! Ninguém vai censurá-lo e o importante é a foto sair do jeito que você deseja.

E as lentes?

Bom, um fotógrafo profissional tem muitas lentes, né? Para começar, sabemos que é um acessório caro. Então, adquira conforme puder. Vale pesquisar por quais lentes começar, já que são muitas, principalmente pensando  no tipo de foto que deseja fazer.

E nas paredes? Vale a pena colocar cenários?

Você pode começar com uma parede totalmente branca ou totalmente preta e ir improvisando – mais uma vez – com tecidos ou papéis.

Há tipos de papéis que simulam madeira, pedras diversas como mármore ou granito, entre outras formas.

Os tecidos também são sempre bem-vindos numa sessão: seda, cetim, tule, os mais rústicos.

Quem sabe você não acaba desenvolvendo um estilo de fotografar baseado em um material improvisado? Criatividade é tudo.

Fotógrafos Brasileiros para se Inspirar

Será que você passa por isso? Assim… Você está navegando pela internet, só para distrair, e aí vem uma foto estonteante e você fala para você mesmo: “como assim?”

Não é pela “impossibilidade” necessariamente de fazer a foto, como se fosse algo difícil, improvável. É justamente o contrário! Estamos falando de um cenário cotidiano, de algo que está o tempo todo ali, mas que, devido ao olhar único e sagaz do fotógrafo, a imagem ficou maravilhosa!

Fotógrafos Brasileiros – Conheça Alexandre Urch

Se você não se lembra de alguém capaz de provocar esse encantamento, nós vamos indicar um nome: Alexandre Urch. Passeie só um pouquinho por seu Instagram ou pelo site oficial que você saberá exatamente o que estamos falando.

Fotógrafos Brasileiros - Conheça Alexandre Urch

Se você mora em São Paulo, compreenderá mais ainda. Verá que muitos lugares fotografados são banais, passamos por eles todos os dias, mas – talvez – só depois de ter visto o que Urch viu é que passamos a olhar com “outros olhos”. É mágico.

Agora vamos contar um pouquinho sobre quem é Alexandre Urch.

Nascido em São Paulo, Alexandre Urch tem 40 anos e estudou design gráfico na Escola Panamerica de Arte. Ele trabalha como fotógrafo profissional há 15 anos e já levou para casa vários prêmios importantes.

A grande maioria de seus cliques são autorais, mas Alexandre Urch também realiza trabalhos para grandes marcas como Citröen, LG, Air France, Reserva, entre outras.

Fotógrafos Brasileiros - Conheça Alexandre Urch - 02

O projeto que mantém chamado “O Cheiro da Rua” é sensacional. Todo em preto e branco, os cliques retratam cenas cotidianas das ruas, dos becos e das esquinas. Em suas imagens há caos e beleza, detalhes perturbadores que nossos olhos tentam não olhar, mas também coisas pequeninas que trazem alívio diário. Vale a pena dar uma olhadinha.

Urch também mantém outro projeto, parecido, mas diferente em um aspecto determinante. O “As Cores das Ruas” valoriza as cores; cores, aliás, onde quase ninguém as vê. É maravilhoso!

Nossa ideia de apresentar tais fotógrafos brasileiros é para inspirá-lo a fotografar também tudo aquilo que toca o seu coração. E depois, claro, você deve revelar suas fotos e guardá-las como lindas preciosidades, únicas porque o seu olhar é único.

Fotografia e a Tecnologia lado a lado para Você

Quando dedicamos um tempinho para ver fotos premiadas, como as do iPhone Photography Awards, por exemplo, conseguimos facilmente chegar à conclusão: a fotografia e a tecnologia avançaram tanto que hoje é possível fotografar de maneira incrível usando apenas o celular.

A verdade é que, há 20 anos, sequer imaginaríamos que um aparelho de celular tiraria fotos. Até porque o aparelho de celular por ele mesmo já era uma grande – e cara – novidade.

Fotografia e a Tecnologia no seu Fotolivro

Se o tempo, aliado à tecnologia, é implacável com os aparelhos e os tornam obsoletos em menos de dois anos, é o mesmo tempo, aliado à mesma tecnologia, que nos leva a experiências sensoriais maravilhosas como, por exemplo, poder folhear um Fotolivro com nossas próprias fotos como se fosse um livro profissional, desses luxuosos que encontramos nas livrarias.

Hoje, você mesmo pode fazer o seu fotolivro graças à tecnologia!

Fotografia e a Tecnologia no seu fotolivro

Ao longo da História, passamos então das câmeras escuras às câmeras cada vez mais modernas, mas que ainda pediam “filmes” com “poses”. E as fotos eram feitas sem que a pessoa que fotografou pudesse ver a foto.

Sim, só depois que a pessoa levasse o filme a uma loja de revelação – ou seja, em alguns dias – é que era possível ver as fotos. Havia, por isso, claro, desagradáveis surpresas porque o filme poderia ter “queimado” e as fotos seriam apenas borrões.

A fotografia e a tecnologia no avanço das câmeras

Graças a tecnologia, outra vez, as câmeras digitais pequenas chegaram para mudar essa realidade e – que maravilha! – tornou-se possível não só ver as fotos no momento em que são tiradas, mas armazená-las em nosso próprio computador via cabo USB ou cartão de memória. Passamos a poder revelar depois, em melhor momento.

Pois é… Aqui, surgiu o primeiro grande sintoma da “doença” do excesso de imagens que vivemos hoje, que pode levar à falta de memória. Ou seja, justamente o contrário do que a fotografia é por essência.

Se hoje podemos colocar nossas máquinas fotográficas na bolsa e carregá-las para todos os lugares – o mesmo acontece com os celulares – podemos fotografar tudo o que vemos e que nos encanta e o que fazemos com essas imagens depois?

revelar fotos ou imprimir

Revele suas fotos

Se as fotos antes ficavam presas no equipamento, hoje elas ficam presas no HD do computador ou no próprio celular. No celular, ainda corre outro sério perigo. Se o celular for furtado ou roubado, adeus nossa história, adeus memória.

Para evitar isso, nunca deixe de revelar suas fotos, algo que hoje você pode fazer online e as fotos ainda chegam no seu endereço reveladas, sem esforço algum. Graças a? Graças a tecnologia na fotografia.

Apetrechos diversos ainda podem ser somados às câmeras digitais ou aos celulares como lentes para iPhone, que permitem melhores ângulos, melhor zoom e abertura.

Há também a famosa GoPro, que é uma linha de câmeras voltada para esportistas ou aventureiros. Ou seja, elas são a prova d´água, resistem a tombos e impactos que, em outras câmeras, as destruiriam. E há também linhas de celulares que, inclusive, possuem micro câmera que permitem fotos mais profissionais.

Ou seja, a tecnologia está a favor da fotografia e a única coisa que contribui contra é abandonarmos nossas memórias em qualquer dispositivo: seja celular, HD, CD, tanto faz.

O que você deve fazer para não cair nesse erro? Aproveitar a tecnologia de impressão e jamais deixar de eternizar seus cliques.

Mulheres na Fotografia: Conheça Mihaela Noroc

Sabe que começamos esse artigo pensando em falar sobre mulheres na fotografia, mas aí nos lembramos de uma mulher, uma fotógrafa, que teve uma ideia brilhante e não resistimos.

Por isso, resolvemos mudar um pouquinho o rumo da conversa e contar a história dela para você. Seu nome: Mihaela Noroc.

Mihaela Noroc – Uma das Mulheres na Fotografia

Mulheres na Fotografia Conheça Mihaela Noroc
Conheça a Mihaela Noroc.

Se pudéssemos eleger, hoje, um nome entre as mulheres na fotografia contemporânea, com um trabalho original, seria o nome dela. Se você não conhece nadinha nadinha, pode conferir na bela edição “The Atlas of Beauty”.

O que de tão extraordinário ela fez?

Ela viajou o mundo e fotografou centenas de mulheres e o resultado é um livro estonteante com 500 retratos de mulheres mundo agora.

Independentemente de bandeiras feministas, não é nosso foco, o trabalho de Mihaela Noroc é extraordinário porque revela a beleza de mulheres de muitas idades, de muitas culturas, de muitos estilos e muitos “jeitos”. Impossível não ficar emocionado ao folhear cada página.

Vistas, talvez, de maneira aleatória, ou sem contemplação, parece apenas uma mulher comum posando – e não importa quem é quem. Mas na medida em que vamos olhando foto por foto, reparando nos detalhes que tornam cada uma diferente da outra, é impossível não rever padrões que ficam em nossa mente. E não só sobre beleza como sobre juventude.

Mihaela Noroc é de Bucareste, Romênia, e viajou por quatro anos.

Mulheres na Fotografia
Foto tirada por Mihaela Noroc.
Foto tirada por Mihaela Noroc.
Foto tirada por Mihaela Noroc.

 

 

 

 

 

 

 

 

Como seu pai é pintor, Mihaela cresceu cercada de cores e aos 16 anos descobriu a felicidade na fotografia. Como ela não conseguia viver apenas com a fotografia, em suas férias aproveitava para viajar e clicar, as duas paixões.

Mihaela Noroc esperaria ainda mais 11 anos para então jogar tudo para o alto e ir viver do que ama. Juntou toda a poupança e… foi!

Sabe que Mihaela até passou por aqui? Ela fotografou algumas mulheres no Rio de Janeiro, em Salvador. Outros lugares do mundo pelo qual passou foram: Grécia, Irã, Quatemala, Etiópia, Panamá, Nepal, Mongólia, Índia, Cuba, Islândia e por aí vai…

Lindo!

Foto tirada por Mihaela Noroc.
Foto tirada por Mihaela Noroc.

Tricampões no Prêmio Época ReclameAQUI

É isso mesmo! Pela terceira vez, ganhamos o prêmio de melhor atendimento ao consumidor e só devemos isso a você, que foi lá no site oficial da premiação e votou no FotoRegistro. MUITO OBRIGADO!

O Prêmio ÉPOCA ReclameAQUI – As Melhores empresas para o consumidor todo ano premia empresas que colocam o consumidor em primeiro lugar. Vencemos em 2014, 2015 e agora em 2017!

Somos Tricampões no Prêmio Época ReclameAQUI

Para nós, você é a única razão de todos os dias buscarmos as melhores soluções para eternizar os momentos mais inesquecíveis de sua vida.

Ficamos muito felizes em saber que você acredita em nosso trabalho, que compreende os momentos difíceis que podemos eventualmente passar – e continua ao nosso lado – e que, principalmente, confia a nós a tarefa de contar sua história.

Além do nosso obrigado, queremos que saiba que continuaremos fazendo de tudo para continuar entregando seus pedidos com a melhor qualidade de impressão. E não só! Continuaremos fazendo o possível e o impossível para entregar no prazo, no conforto de sua casa. Por que, afinal, o que mais importa é que você reviva lindos momentos de sua vida ao lado de seus amigos e de sua família, seja revendo fotos, seja folhando o seu Fotolivro feito com muito, muito carinho.

Acredite, sem você esse prêmio jamais seria possível.

Tricampões no Prêmio Época ReclameAQUI

Black Friday 2017: Não perca essa oportunidade

Começa novembro e todo mundo já passa a falar de Black Friday. Sem dúvida é mesmo uma das datas mais esperadas do ano para quem gosta de fazer compras.

Você já fez a lista dos produtos que esperou o ano inteiro para chamar de seu? De nossa parte, temos duas coisas importantes para falar.

Black Friday 2017 – Anota Aí

Primeiro, que a Black Friday pode ser a oportunidade que você tanto esperava para eternizar suas mais lindas lembranças. Sim, você deve aproveitar os descontos para revelar suas fotos, personalizar o seu tão sonhado Fotolivro e por aí vai.

Segundo, pretendemos proporcionar a melhor experiência de “transformação” de suas fotos em produtos incríveis, criativos, cheios de emoção. E sabe como?

Ofereceremos os melhores descontos para você ter a sua Caneca personalizada ou os Ímãs descolados para fazer o tão desejado mural para decorar seu quarto. Capricharemos nas ofertas só para que você não perca essa oportunidade.

Vale sempre lembrar porque é tão importante você eternizar suas fotos. Um dia – bata na madeira três vezes – quando menos esperar, o seu computador pode pifar, o pen drive se perder ou mesmo aquele tanto de CDs guardados se tornarem sem utilidade alguma. Lembra dos disquetes? Então.

black friday no fotoregistro

É… Já imaginou quanta história incrível jamais poderá ser relembrada? Por isso queremos que você nem passe perto desse risco.

E como estamos também numa fase difícil de crise econômica, entendemos que você precisa de precinhos realmente camaradas. E tem oportunidade melhor para darmos aquela forcinha para o seu bolso do que a Black Friday?

Que tal um Fotolivro com as fotos daquela ocasião mais que especial que você viveu esse ano? Pode ser o seu casamento, o nascimento do seu filho, aquela viagem tão sonhada e planejada centavo a centavo.

Você pode também selecionar outros cliques especiais, mas sem um contexto propriamente dito, e fazer uma Caneca. Sabe aquela foto linda

com o seu amor? Personalize um par de Canecas, uma para você, outra para ele.

Você poder aproveitar a data para personalizar o material escolar do seu filho para o ano que vem. Fazer um lindo Caderno, mais o Bloco de Notas, mais a agenda. Kit completo e super barato.

São mais de 30 itens e você pode ter váááárias ideias. Solte a criatividade e aproveite a Black Friday.

Foto Preto e Branco: Sensibilidade e Emoções

Foto preto e branco tem algo tão especial, né? É elegante, transmite mais sensibilidade, além de emoções mais sutis.

Não que foto colorida seja um problema, mas as cores distraem nossos olhos e nem sempre percebemos a expressão dos sentimentos contida em determinada imagem.

A verdade é que uma mesma fotografia provoca emoções distintas estando colorida ou em p&b. Escolher entre uma opção ou outra pode mudar significativamente o que você deseja transmitir.

A fotografia p&b – justamente por ser contrária ao que vemos na realidade – parece ser mais “mágica”, misteriosa e por vezes até dramática.

Talvez seja por isso mesmo que ela nunca sai de moda. É clássica, atemporal, infalível! E quase sempre vai parecer mais forte, mais impactante.

Hoje vamos dar dicas de como tirar fotos em preto e branco incríveis. O dia que você pensar em inovar nos seus cliques, aposte nas fotos p&b.

Dicas para Foto Preto e Branco

Primeira dica e – consideramos – a mais importante de todas: fotografe já em preto e branco. Não tire as fotos no modo colorido e depois as transforme em p&b. Faça direto em p&b!

Por quê?

Porque isso vai ajudá-lo a perceber as nuances de cinza, as sombras e as luzes, treinar o olhar para a beleza da fotografia p&b. Estamos acostumados a fotografar em colorido – além de enxergarmos em colorido, – por isso não percebemos a riqueza das nuances.

Outra dica é exagerar nos tons mais claros. A foto fica muito mais expressiva. O mesmo vale para o contrário: exagerar nos tons escuros. Você pode aprender mais em nosso artigo sobre a técnica High Key e Low Key.

Fotos magníficas em preto e branco podem ser feitas usando o mínimo de cenário. Ou seja, no melhor estilo minimalista. Se for possível, faça o contraste. Quando o objeto for escuro, procure um fundo claro; quando for claro, use fundo escuro.

Valorize também linhas, formas geométricas, grafismos. Alguns tecidos também valorizam demais a fotografia em preto e branco: rendas, sedas e transparências.

E, por fim, aproveite os dias chuvosos e nublados para fazer tais fotos. A escala de cinza é bem maior, o que tornará suas fotos ainda mais belas. E naturalmente belas.

Fotos Caseiras em Família: Confira as Dicas

Hoje vamos apresentar ideias incríveis para compartilhar com você que está há algum tempo pensando em fazer fotos caseiras em família. Vamos dar dicas ótimas de fotos para você tirar do seu próprio celular.

Você vai precisar de: seus filhos, seu marido, um telefone celular e muita, mas muita criatividade. Para encerrar nosso especial sobre a importância de tirar e revelar suas fotos em cada fase da vida, falaremos de fotos da família.

Você passou por todas as fases da vida, possui fotos guardadas da infância, da adolescência, do seu casamento quando havia apenas vocês dois e também só dos filhos. Mas você tem fotos de TODOS vocês juntos?

Confira só nossas ideias para suas fotos caseiras em família

  • Fotografe apenas as mãos de vocês, enfileiradas, de preferência da maior para a menor;
  • Deitados na grama, você e o seu marido ficam virados para um lado e seu filho no meio virado do outro lado. Aí, o filho em foco e vocês dois de “cabeça para baixo”.
  • Se encontrarem uma poça grande de água que faz reflexo, fotografe a família abraçada através da poça. Fica lindo!
  • Pegadas na areia também resultam fotos sensacionais. Não se esqueça disso quando for à praia na próxima vez.
  • Depois do banho, com os cabelos molhados, junte quem puder debaixo da mesma toalha para fazer uma selfie só de rosto. Fofo, fofo!
  • Torcem todos para o mesmo time? Que tal todo mundo com a camisa do time? Fica bem legal também!
  • Dependendo da luz do ambiente, vocês podem fotografar as sombras de vocês refletidas em uma parede ou muro. É quase a mesma ideia da poça de água. E essa fica incrível no fim da tarde, por exemplo.

Esperamos que essas ideias ajudem você a clicar fotos lindas. Se quiser também, pode aproveitar uma data importante, quando todo mundo estará arrumado. Por exemplo, o Natal. Vocês podem combinar as roupas e pedir aquela ajudinha para um amigo que tem um olhar ótimo para fotografia. Outras datas boas também são:

  • Ano Novo;
  • Festa Junina;
  • Halloween;
  • Casamento de algum amigo, ou batizado, ou noivado, enfim.

Seja como for, só não perca a chance de construírem uma memória familiar. Você não vai se arrepender!

Filhos: Fotografe-os a cada Instante

Falamos da alegria de ver fotos de infância, da saudade das fotos da adolescência, da importância das fotos do dia a dia do casamento, ao longo dos anos; e agora vamos falar das fotografias dos filhos, principalmente dos recém-nascidos.

Hoje em dia, com os celulares fotografando cada vez com mais qualidade, é comum tirar fotos do bebê recém-chegado a toda hora. E aí milhares e milhares de fotos – muitas vezes iguais – ficam guardadas na memória do celular ou mesmo de HDs. Não é essa a ideia, é?

Filhos merecem ser fotografados a cada momento

Bebês crescem tão rápido! Por isso mesmo é importantíssimo revelar as melhores fotos dos seus filhos, e não deixá-las por aí, perdidas em drives. Quantas fotos suas se perderam nos antigos disquetes? Ou CDs?

Diferente de outras épocas, que era preciso incentivar as pessoas a tirar fotos, e lembrá-las de que a foto era para a memória familiar de gerações futuras, nossa época pode vir a sofrer do contrário: o excesso de fotos.

Se seus filhos já são crescidos e quase você não os fotografa, volte a fazer isso. E se você tem milhares de fotos guardadas, chegou a hora de revelá-las.

Aproveite os momentos em família para tirar fotos espontâneas, elas são sempre as mais bonitas, emocionantes e engraçadas. Para ficar ainda mais divertido, reveze com os filhos e o marido a vez de fotografar. Vai ser interessante o olhar de cada um.

Outra ideia é brincar com as cores, cada um vestido com uma dor diferente, ou mesmo, quem sabe, brincar com tintas. Isso, claro, para uma sessão de fotos mais elaborada. Vale também usar os bichinhos de pelúcia ou qualquer coisa que seja especial.

Prepare-se também para fotografar em saídas para o parque, ou festas de amigos em que a roupa mais formal ficou fofinha. O importante, na verdade, é treinar o olhar para os momentos mais especiais com seus filhos e, claro, cuidar dessas fotos: revelando ou montando um álbum de fotos lindo, lindo, lindo.

Que tal começar agora?

Vida de Casado: Fotografe cada momento

Passada a cerimônia do seu casamento, a festa, os amigos comentando e relembrando tudo, vem a tão sonhada e esperada… vida de casado.

O casamento é um sonho que até ser consumado (não pelo sexo, mas pela rotina) é praticamente ilusão. Há mais sonho do que realidade, mas é claro que nem por isso deixa de ser encantador. E onde entram as fotografias nisso tudo? No registro da trajetória que começaram a construir.

Fotografar sua vida de casado para recordar

Fotos podem emocionar no momento que são tiradas, mas o valor delas aumenta na medida em que o tempo passa. Tudo em você e no seu amor vão mudar: o rosto, o corpo, algumas manias, estilo de se vestir… E as fotos serão sempre lembretes de cada fase que viveram, mas que não vêm à mente com frequência.

Mas atenção! Fotografar o cotidiano não é para mostrar nas redes sociais, mas para criarem a história de vocês. Por isso, é importante não “estragar” o momento só para ter que fotografá-lo. Nossa ideia é apenas treinar o olhar para perceber as pequenas belezas do dia a dia a dois, que podem vir a ser um baú do tesouro que vão deixar para seus filhos.

Fotografem momentos de namoro, hábitos carinhosos ou objetos que, daqui a alguns, farão vocês se lembrarem da situação. Seja cozinhando juntos, pedalando juntos, lendo cada um o seu livro, bebendo vinho, não importa.

Esses singelos cliques podem compor um lindo Fotolivro ao completarem aniversário de casamento. Aí você pode fazer uma coleção de grandes momentos usando os significados das bodas. Por exemplo:

  • 1 ano – Bodas de Papel
  • 2 anos – Bodas de Algodão
  • 3 anos – Bodas de Trigo
  • 4 anos – Bodas de Flores e Frutas

E por aí vai! Já pensou em um Fotolivro de Bodas de Ouro?

Imagina que lindo um álbum todo decorado? Tenha esse cuidado com a história de vocês. E caso você já tenha “perdido” alguns anos, pode fazer um apanhado das fotos mais lindas e fazer um único Fotolivro. Por exemplo: “15 anos juntos… Bodas de Cristal”.

Não deixe sua história a dois passar em branco!