fotos de pôr do sol

5 dicas para tirar fotos do pôr do sol

Quem nunca tentou tirar fotos do pôr do sol? Pode até parecer clichê, mas com certeza, as fotos feitas no final de tarde, com o céu alaranjado sempre serão belas imagens. Porém, quem tentou fazer fotos nessas horas já deve ter percebido que é muito difícil tirar uma foto com boa qualidade.

Isso ocorre por diversos fatores, que explicaremos a seguir, assim como algumas dicas que podem ser a solução para você fazer belas fotos do pôr do sol. Confira!

1 – Entenda como funciona a câmera

Para aqueles que estão aprendendo a fotografar com câmeras semiprofissionais e profissionais, mas também para aqueles que fotografam com o celular: a imagem é formada na câmara a partir da quantidade luz que o equipamento recebe.

Por isso, para fotos nesse estilo, é mais fácil buscar o efeito que você deseja através de fotos com configurações manuais. Isso não quer dizer, necessariamente, que você não consiga fazer fotos profissionais com o celular. Entretanto, entender o funcionamento da câmera ajudará também na composição das suas fotos, e por isso é essencial aprender o que é fotometria.

2 – Aprenda o que é fotometria

Como a foto depende da quantidade de luz que chega ao equipamento, existem 3 formas de regular essa iluminação, que quando entram em harmonia, fazem com que sua foto esteja corretamente fotometrada de acordo com a luz do ambiente em que você está, são elas:

ISO

O ISO é o termo utilizado para se referir a sensibilidade da fotografia de superfícies sensíveis a luz, ou seja, mede a quantidade de luz, ao ruído do sensor e à aparência da imagem resultante como parâmetros interdependentes.

Velocidade do obturador

Esse é o fator que regula o tempo de exposição que a luz irá sensibilizar o sensor digital. Isso ocorre através da quantidade de tempo que o obturador da máquina fotográfica leva para abrir e fechar, quando o botão para tirar a foto é acionado.

Abertura do diafragma

A abertura do diafragma da câmera é responsável por controlar a quantidade de luz que entra até o obturador e o sensor. Com o diafragma mais fechado, menos luz entra e a foto fica mais escura. Já com o diafragma mais aberto, a foto fica mais clara.

Exemplo de Abertura do diafragma
Aprendafotografia.org

O fotômetro aparece na câmera como mostrado na foto acima. Quando o ponto vermelho está no 0 significa que a fotometria está correta de acordo com a luz ambiente.

3 – Contraste objetos com a luz

Saindo dos termos mais técnicos e falando de composição fotográfica, suas fotos de pôr do sol ficarão lindas com efeitos de contraluz. Esse tipo de efeito faz com que você foque na luz gerada pela hora do dia, fazendo com que os objetos escolhidos virem silhuetas, compondo a foto sem roubar a atenção do principal, o pôr do sol.

Efeito Contraste objetos com a luz
Pixabay

4. Use um tripé para fotos de pôr do sol

Um tripé pode ser uma ferramenta muito útil para quem gosta de fazer fotos com uma longa exposição de luz. Para fazer com que se entre mais quantidade de luz no sensor, é preciso que o obturador fique aberto por mais tempo.

Ocorre que, quanto mais tempo o obturador ficar aberto, maior a chance da foto sair borrada com qualquer leve movimento. O tripé permite deixar a câmera fixa, com um risco menor de movimentos que estraguem sua fotografia.

 Tripé para fotos de pôr do sol
Pixabay

5 – Pratique mais de uma vez os cliques no pôr do sol

Como tudo que queremos fazer bem, a fotografia exige prática. Agora que você já sabe algumas dicas básicas, comece a testá-las e descubra qual combina mais com o estilo de fotografia que você está buscando.

Com essas dicas, temos certeza que você vai tirar lindas fotos do pôr do sol. Guarde todas elas com cuidado, viu? Não só como lembrança, mas até para utilizar em um portfólio se o seu desejo é seguir carreira como fotógrafo!

Avaliar conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *