Digitalização de negativos de fotos

Digitalização de negativos de fotos: dicas como fazer

Se você é um amante da fotografia, ou tem idade suficiente para ter manuseado uma câmera analógica, então já deve ter se deparado com alguns negativos. Esses nada mais são que uma imagem negativa adquirida através da inversão de cores de uma imagem normal, geradas no processo fotográfico de câmeras analógicas.

Atualmente, é muito raro o uso de filmes fotográficos, embora hajam muitos fotógrafos que trabalham com câmeras analógicas. Entretanto, é normal que você encontre negativos guardados, com imagens e memórias que nunca foram reveladas.

Para eternizar e guardar esses momentos, que tal fazer a digitalização de negativos de fotos? Aprenda como a seguir!

Como fazer uma máquina de digitalizar negativos em casa

Existem ainda alguns lugares que fazem a digitalização dos negativos para você, porém a cada dia está mais difícil de encontrá-los. Por conta disso, vamos ensinar você a como criar uma máquina de digitalizar negativos, fazendo isso sem precisar sair de casa. É bem simples, para começar você irá precisar de:

  • uma caixa de sapatos;
  • cartolina preta;
  • papéis brancos;
  • lâmpada fluorescente.

Agora que você já juntou a matéria-prima, vamos começar a montar nossa máquina. Confira o passo a passo de como fazê-la:

1° passo: revelando o filme

Para que você consiga fazer a digitalização de negativos de fotos, você primeiramente precisa ter os negativos. Caso você possua somente o filme enrolado na bobina que vai dentro da câmera, você precisará mandar revelá-lo. Só assim, teremos o negativo para dar continuidade ao processo de digitalização.

Digitalização de negativos de fotos
Pixabay

2° passo: preparando a caixa de sapatos

Para a máquina funcionar é preciso que você primeiramente pinte o lado externo da caixa de sapatos de preto (a parte interna pode ser de outra cor). Após isso, faça um corte retangular na tampa da caixa, mais ou menos do tamanho do filme.

3° passo: faça um túnel para os negativos

Pegue uma cartolina da cor preta e corte um formato retangular, de forma que crie um túnel para passar e segurar os negativos pelo buraco feito na caixa. Cole no tampo da caixa, de forma que fique alinhado com o corte já feito. Após isso você precisará colar um papel branco por dentro da caixa, tapando o retângulo cortado por dentro.

4° passo: coloque a lâmpada fluorescente

Caso você não conte com um abajur ou algo desmontável que você possa colocar e iluminar o interior da caixa, é possível criar uma lâmpada extensão. Você precisará somente de um pedaço de fio, um soquete para lâmpada e um interruptor. Corte o fio de modo que você consiga encaixar as partes de cobre que conduzirão eletricidade corretamente.

Agora que você já possui a lâmpada, basta colocá-la dentro da caixa, de forma que você consiga fechar a tampa. O ideal é fazer um pequeno furo em uma das laterais, para que o fio passe sem atrapalhar. Coloque um papel embaixo, entre a caixa e a lâmpada e outro em cima da mesma.

Pronto! Agora com sua máquina pronta, basta entender como fazer a digitalização.

Fazendo a digitalização dos negativos

Para fazer a digitalização, você irá primeiramente colocar o negativo no túnel criado no tampo da caixa, de forma que a imagem a ser digitalizada encaixe corretamente no local. Após isso, ligue a lâmpada de dentro da caixa e, com a opção macro do celular ou uma câmera digital, fotografe o negativo iluminado.

Feito isso, basta você passar a foto para o computador. Você perceberá que as cores das fotos ainda estão negativas, porém basta colocar a imagem em qualquer programa de edição que contenha a opção “inverter”. Essa opção irá de fato inverter as cores, trazendo as cores originais à tona.

Após isso, basta ajeitar um pouco a tonalidade das cores da forma que você achar melhor e pronto, seu negativo está digitalizado no seu computador! 

Imprimindo as fotos digitalizadas

Agora que você já tem suas fotos digitalizadas, além de guardá-las no computador, é bem legal eternizá-las em quadros e murais. Além disso, expor os momentos mais legais da sua vida é uma forma de decorar a casa e poder vê-los todos os dias!

Seja para guardar em um álbum ou para colocar em algum cômodo, aí vai algumas ideias:

Usando as fotos para decorar a casa

Hoje em dia, existem formas bem criativas para imprimir suas fotos. Dá para usar desde os quadros sem moldura (chamados de canvas classic), que dão um aspecto mais moderno para o ambiente, até em imãs de geladeira.

Usando as fotos para decorar a casa

Guardando as fotos de um jeito especial

Os álbuns perderam a popularidade para os Fotolivros, que é uma forma de ter todas as suas fotos impressas direto nas folhas do álbum, com direito a personalização e tudo mais! O mais legal é que até a capa pode ser personalizada com uma imagem que você escolher.

Fotolivro

Guarde bem suas fotos digitalizadas!

Agora que você já tem suas fotos digitalizadas, é importante que você guarde bem elas, mesmo no seu computador. Por isso, confira nosso post sobre como guardar fotos digitais da forma mais segura! O que achou da ideia? Pronto para fazer a digitalização de negativos de fotos? Compartilhe o resultado com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.